CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

CBDA

03/07/2018 13:56:02

Palavra do Presidente - Miguel Carlos Cagnoni


Palavra do Presidente

Foto: CBDA/Divulgação Palavra do Presidente - Miguel Carlos Cagnoni
03/07/2018 13:56:02

(Rio de Janeiro, 3 de julho de 2018) Olá, comunidade aquática! O mês de junho foi de muito trabalho por aqui na CBDA. Completamos um ano à frente da Confederação, mesmo depois de tantos problemas jurídicos, conseguimos colocar, a cada dia, um pouco da nossa maneira de gestão e visão de melhora para os esportes aquáticos do Brasil.

Tivemos, em junho, a disputa dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba. Estive por lá e vi nossos atletas superarem as dificuldades da altitude para representar muito bem as cores do Brasil. Ao todo, foram 35 medalhas só dos esportes aquáticos na competição. Temos que parabenizar nossos atletas e nossas comissões técnicas que fizeram bonito na competição.

Também em junho tivemos o início da preparação da seleção brasileira absoluta que irá ao Pan-Pacífico. A equipe brasileira participou do Torneio Sette Colli e também irá ao Aberto de Paris que serão usados como treinamento para o Pan-Pacífico, principal competição da Natação para o ano de 2018.

Por falar na Natação do Brasil, faço questão de parabenizar especialmente o nadador Bruno Fratus. Em junho, ele chegou atingiu o recorde de atleta que mais vezes nadou os 50m livre abaixo dos 22 segundos. Agora, o Brasil tem os dois maiores recordistas nesta categoria com Bruno e Cesar Cielo.

Seguindo a nossa ideia de fortalecimento das categorias de base, tivemos mais um grande campeonato de categorias realizado em junho. A bela estrutura do Santa Mônica Clube de Campo de Colombo recebeu o Campeonato Brasileiro Interclubes Júnior que, mais uma vez, teve recorde de inscritos, grandes tempos e excelentes performances dos nossos atletas.

Nas maratonas aquáticas, nossos atletas seguem fazendo bonito no Fina Marathon Swim World Series. Ana Marcela Cunha retomou a liderança do ranking Mundial e nos orgulha cada vez mais com o passar do tempo, isso sem falar na bravura dos atletas do Brasil que encaram os desafios dessa modalidade tão encantadora.

Também tivemos neste mês um grande projeto visando a melhoria da arbitragem das Maratonas Aquáticas do Brasil. O Fina School foi realizado no Rio de Janeiro para que árbitros fossem qualificados para requerer a entrada no quadro da Federação Internacional de Natação.

No âmbito administrativo, conseguimos firmar um acordo com a empresa Travel Ace, que viabilizará as viagens das nossas equipes e staff para as competições e clínicas realizadas no Brasil e no mundo.

Em agosto em volto com mais novidades para vocês. Boas braçadas!


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

Os Correios, patrocinador oficial da entidade, são parceiros da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA