CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

CBDA

04/04/2019 19:26:42

Brasil conquista mais oito medalhas no Campeonato Sul-Americano Juvenil


Atletas dos Saltos Ornamentais e da Maratona Aquática brilharam nesta quinta-feira

Foto: Divulgação/CBDA Brasil conquista mais oito medalhas no Campeonato Sul-Americano Juvenil
04/04/2019 19:26:42

(Rio de Janeiro, 4 de abril de 2019) O Brasil conquistou oito medalhas neste terceiro dia de Campeonato Sul-Americano Juvenil, competição realizada em Iquique, no Chile. Ao todo, foram três medalhas na Maratona Aquática e cinco nos Saltos Ornamentais. A competição segue até o dia 14 de abril.

O dia foi de disputa na distância olímpica na Maratona Aquática. O Brasil aproveitou a oportunidade para brilhar. Enzo Putinati e Henrique Figueirinha fizeram uma dobradinha no masculino. Enzo conquistou o ouro com o tempo de 1h31m42 e Henrique a prata com 1h31m51.

No feminino, Aricia Peree, bronze nos Jogos Sul-Americanos de praia em Rosário, conquistou a prata em Iquique. A atleta brasileira terminou os 10 km com o tempo de 1h38m43. O ouro foi para Gabriela Fanny, do Peru, com o tempo de 1h38m27 e o bronze para Morena Paloma (1h43m24).

Os atletas dos Saltos Ornamentais também brilharam nesta quinta-feira. No grupo B, Catherine Souza conquistou o ouro no trampolim de 1m. Para vencer na prova, ela somou 306,45 pontos. A prata foi para Fabiana Perez, da Venezuela, com 290 pontos e o bronze para Luciana Gil, do Peru, com 274,65.

Na versão masculina da prova, dobradinha do Brasil: Rafael Fogaça conquistou o ouro e Rafael Almeida a prata com 404,65 e 398,90, respectivamente. O bronze foi para a Colômbia com Juan Estaban Tamayo (367,75).

No trampolim de 3m para homens do grupo A, Kawan Pereira conquistou a medalha de prata ao somar 565,78 pontos. Ele ficou atrás do colombiano Luiz Felipe Bermudez (569,70) e o bronze para o também colombiano Alejandro Solarte (515,65).

Entre as mulheres, Anna Lucia Santos voltou ao pódio com 413,55 pontos. Steffanie Madrigal conquistou o ouro (439,90) e Daniela Correia o bronze (409,90). As duas são colombianas.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA