CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

CBDA

05/05/2019 12:20:19

Leonardo Castro é o novo diretor executivo da CBDA


Ele assume o cargo deixado por Ana Paula Alves

(Rio de Janeiro, 4 de maio de 2019) Leonardo Castro é o novo diretor executivo da CBDA. Ele assume o cargo deixado nesta sexta-feira (3), pela então gestora Ana Paula Alves, que atuará no processo de transição. Leonardo foi nadador, tem experiência em gestão esportiva e atuará na diretoria da entidade. Ele, inclusive, se reportará à presidência.

Leonardo Castro começou a nadar aos três anos de idade e, aos sete, tornou-se competidor. Passou por clubes do Rio de Janeiro, como Flamengo, Botafogo e Fluminense, onde participou de competições nacionais. Foi campeão brasileiro nas categorias de base, quando também se destacou com prêmios individuais nas competições. Ele não deu seguimento no alto rendimento.

Depois de largar as piscinas e cursar educação física, Leonardo prestou concurso público e ingressou no Ministério do Esporte em 2008. Trabalhou no então Ministério até 2013, quando voltou ao Rio de Janeiro para trabalhar na restruturação financeira do Flamengo.

“Foi um desafio enorme. Permaneci por seis anos no Flamengo. No começo, foi bem difícil, mas, com uma gestão competente e moderna, conseguimos mudar o panorama. Acredito que podemos fazer a mesma coisa aqui na CBDA”, falou.

Em 2018, ele voltou ao Ministério do Esporte, onde era responsável pelo setor da Lei de Incentivo ao Esporte. Leonardo encerrou suas atividades na, agora, Secretaria Especial do Esporte em janeiro. Convidado pelo presidente Miguel Carlos Cagnoni, Leonardo inicia seu trabalho na CBDA e já planeja seus primeiros passos para a entidade.

“Estou muito honrado e muito feliz por ser lembrado e ser dedicado a ajudar essa contínua restruturação da CBDA. É uma confederação que passa por uma crise muito forte. Estou motivado para tentar ajudar. A parte estrutural e financeira da CBDA tem sido mexida e atualizada e isso é muito importante. A base foi construída e, agora, é traçar processos para a melhoria da gestão como um todo”, falou.

“Meu primeiro objetivo é fazer um diagnóstico das cinco modalidades que a CBDA administra. Observar se há metas e objetivos traçados. Se não existirem, traçá-los para que a CBDA tenha uma forma única de lidar e se comunicar de forma interna. Esse é nosso objetivo”, completou.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.


Departamento de Comunicação - CBDA