CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Maratonas Aquáticas

25/02/2018 12:50:55

Fernando Ponte e Allan do Carmo empatam na batida de mão; Viviane Jungblut vence no feminino


Disputa foi acirrada do começo ao fim e terminou com empate no masculino. No feminino, nova vitória de Viviane Jungblut

Foto: CBDA/Divulgação Fernando Ponte e Allan do Carmo empatam na batida de mão; Viviane Jungblut vence no feminino
25/02/2018 12:50:55

(Porto Alegre, 25 de fevereiro de 2018) Grandes atletas para uma grande chegada. Allan do Carmo e Fernando Ponte, os dois atletas da seleção brasileira de maratonas aquáticas, protagonizaram um grande encerramento na prova de 5 km da I Etapa do XXIII Campeonato Brasileiro da modalidade. Viviane Jungblut foi a grande vencedora da disputa feminina realizada na manhã deste domingo (25), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Também neste domingo, aconteceram as provas de 5 km e 2,5 km da Copa Brasil.

A disputa masculina foi acirrada do começo ao fim. O pelotão que teve a ponta dividida sempre entre Allan do Carmo, Fernando Ponte e Alexandre Finco. No fim da prova, Allan do Carmo e Fernando Ponte, da ACEB-BA e Grêmio Náutico União, respectivamente, dividiram o primeiro lugar com o tempo de 55s47. Luiz Gustavo Barros, também do GNU, surpreendeu e terminou com o bronze.

“Foi uma prova excelente e que acabou no empate com o Fernando. O ritmo foi muito intenso e isso nos deixa bastante animados para as etapas da Copa do Mundo que vamos disputar esse ano. Agora é seguir treinando de olho em Doha”, disse.


“Eu acabei saindo um pouco atrás no sprint final, então tive que fazer muita força para chegar junto ao Allan, o que é uma honra para mim. Nós temos que focar agora nas etapas da Copa do Mundo e vamos nos esforçar para representar o Brasil da melhor forma possível”, falou.

No feminino, ao contrário da disputa entre os homens, Viviane Jungblut venceu novamente com facilidade. A gaúcha desbancou as conterrâneas Betina Lorscheitter e Marina Amorim e venceu a prova com o tempo de 59s57.

“O fato do feminino largar junto ao masculino me favorece um pouco e isso foi importante para a minha prova. Estou feliz com o resultado. Essa etapa, no meu planejamento, era para avaliar como está o treinamento para Doha e estou satisfeita com o que eu consegui fazer aqui”, completou.

Segundo o supervisor de maratonas aquáticas da CBDA, Ricardo Ratto, as duas competições foram brilhantes do ponto de vista técnico, segurança e organização.

“Nós fomos recebidos muito bem pelo Grêmio Náutico União e pela Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos. O local é espetacular para a disputa de provas da maratona aquática e nós, da CBDA, só podemos agradecer a todos os envolvidos nessa competição”, relatou.

O presidente da Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos, Mauro Quadros, valorizou a realização da prova em Porto Alegre e espera repetir a dose na temporada 2019.

“Foi uma competição brilhante graças ao empenho de todos que participaram. Para nós, é uma satisfação e um orgulho muito grande de ter os melhores maratonistas do país na nossa cidade, no nosso estado e protagonizar uma competição como essa”, explicou.

Na pontuação geral de clubes da prova de 5 km do Campeonato Brasileiro, melhor para o Grêmio Náutico União que somou 1167 pontos. O segundo colocado foi o Clube Curitibano, que fez 194 pontos e, em terceiro, terminou o Circulo Militar de São Paulo, com 180 pontos.

Os resultados da prova de 5 km do Campeonato Brasileiro podem ser conferidos através do link na página da competição.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA