CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Nado Sincronizado

05/03/2018 16:27:16

Brasil define dueto para os Jogos Sul-Americanos da ODESUR


Maria Clara Lobo e Luisa Borges representarão o Brasil na competição

Foto: Satiro Sodré/CBDA Brasil define dueto para os Jogos Sul-Americanos da ODESUR
05/03/2018 16:27:16

(Rio de Janeiro, 5 de março de 2018) O dueto que representará o Brasil no Jogos Sul-Americanos da ODESUR está definido. Maria Clara Lobo e Luisa Borges serão o dueto brasileiro na competição que será realizada em junho, em Cochabamba, na Bolívia.

O dueto foi escolhido pela comissão técnica formada por Roberta Perillier e Andrea Cury, após semanas de treinos no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Elas e as atletas já haviam se reunido em janeiro, também no parque aquático que foi sede da modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio, para o início do programa de treinamentos. Na ocasião, a seleção russa, pentacampeã olímpica, também treinou no parque aquático brasileiro.

Segundo a supervisora técnica de nado artístico da CBDA, as técnicas tiveram o tempo adequado para avaliar qual seria a melhor dupla para representar o Brasil na competição.

“As meninas treinaram desde o dia 15 de janeiro e foi um momento importante para conseguirmos fazer a melhor preparação visando a competição. Acredito que o Brasil estará bem representado no torneio”, disse.

Participaram do período de treinamentos de dueto, além das escolhidas pela comissão técnica, as atletas Duda Miccuci e Juliana Damico. Para esta competição, não é possível levar atletas reservas.

Treinos de equipes

Na última semana, as equipes sênior e júnior estiveram durante uma semana no Parque Aquático Maria Lenk ensaiando as coreografias que serão apresentadas nas principais competições do ano.

Durante o período de treinamentos, as equipes tiveram a interação com professores de dança urbana.

“É uma coisa nova para a gente. Nós estamos acostumadas a fazer, fora da água, os movimentos que vamos desempenhar na nossa coreografia e que, normalmente, são dentro de um padrão no esporte. Desta vez, porém, nós conhecemos uma nova modalidade de dança e que vai acrescentar muito na nossa preparação paras as competições do ano”, disse a atleta Maria Clara Lobo.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

Os Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA