Nado Sincronizado - Brasil disputa Campeonato Pan-Americano de Nado Artístico
CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Nado Sincronizado

01/08/2018 16:20:22

Brasil disputa Campeonato Pan-Americano de Nado Artístico


Equipe do Brasil volta a atuar no cenário internacional, além do dueto misto finalista em Budapeste

(Rio de Janeiro, 1 de julho de 2018) A seleção brasileira de Nado Artístico disputa, a partir da próxima segunda-feira (6), o Campeonato Pan-Americano da modalidade, em Riverside, na Califórnia, Estados Unidos. Ao todo, o Brasil contará com 11 atletas na competição.

No torneio, o Brasil competirá nas provas de: solo técnico (sênior), dueto misto técnico e livre (sênior), dueto feminino técnico e livre (sênior), equipe técnico, livre e livre combinada (sênior), dueto livre e técnico (júnior). De acordo com uma das técnicas da seleção brasileira, Roberta Perillier, a expectativa é utilizar a competição como observação do trabalho visando os Jogos Pan-Americanos de 2019.

“A expectativa é de estreia. A equipe não compete em torneios internacionais de 2016. É uma reestreia da Seleção. Queremos ter uma avaliação das nossas coreografias e do nosso treinamento para guiar uma estratégia de melhoria e busca por uma posição melhor nos Jogos Pan-Americanos”, disse.

Dos 11 convocados, oito são da seleção sênior e três integram o time júnior. São eles: Maria Clara Lobo, Luisa Borges, Maria Eduarda Miccuci, Maria Bruno, Lorena Molinos, Giovana Stephan, Gabriela Regly e Renan Alcântara (Sênior) e Anna Giulia Veloso, Laura Miccuci, Jullia Catharino Soares (Júnior). Roberta Perillier, Andrea Curi e Twila Cremona são as técnicas do Brasil.

Destaque no Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos em 2017, o dueto misto do Brasil, formado por Giovana Stephan e Renan Alcântara, espera brilhar no Pan-Americano de 2018.

“Sobre o dueto misto, estamos com uma coreografia ainda mais difícil e artística, estamos confiantes de que será uma excelente competição para nós. Minha meta e acredito que da equipe toda é atingir a patamar de notas 8 em todas as provas que eu nadarmos. Mostrar que o Brasil voltou com uma equipe forte ao cenário de competições internacionais.”, disse Giovana.

As provas serão transmitidas ao vivo por meio do site da organização do evento (Clique aqui).


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA