CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Últimos destaques

05/11/2018 12:50:21

Recomendações FINA: “Energy Standards: International Swim Club League Competition – ISL

Rio de Janeiro, 05 de novembro de 2018

Boletim n° 223/2018

ACB

Ilmºs. Srs.

DD. Presidentes de Federações Filiadas

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos

Ref.: Recomendações FINA: “Energy Standards: International Swim Club League Competition – ISL”

Prezados Presidentes de Federação, Dirigentes de Clubes e Atletas de Natação.

Em razão do recebimento de inúmeros questionamentos por partes de Atletas e Clubes vinculados à essa Confederação Nacional, relacionados à participação em competição internacional à ser realizada na Itália nos dias 20 e 21 de Dezembro de 2018, vimos por meio desta informar que:

A FINA – Federação Internacional de Natação, emitiu no último dia 30 de Novembro de 2018, um “Memorando para todos os Membros da FINA”, informando que “(...) Com base na interpretação da Norma FINA BL 12.3, confirmada pelo Bureau da FINA, esta competição é uma competição internacional, não uma competição nacional e está, portanto, sujeita à aprovação da FINA[1]”.

Continuando, no referido memorando a FINA estabeleceu que:

(...) Nenhuma aprovação foi solicitada de acordo com as disposições aplicáveis da BL 12 para esta competição, que consequentemente não é sancionada nem aprovada pela FINA. Não faz parte do calendário internacional.

A FINA avaliará ainda mais o desenvolvimento deste assunto e considerará, quando apropriado, aplicação das consequências referidas no art. GR 4 e BL 12.

Na medida que a CBDA mostra-se membro filiado e subordinado às diretrizes da FINA, esclarecemos que o entendimento dessa Confederação deve seguir todas as recomendações emanadas pela Federação Internacional. 

Por todo o exposto, até que haja manifestação expressa da FINA em contrário, a CBDA não recomenda que seus filiados (Clubes e Atletas) participem do referido evento, sob pena de aplicação de sanções administrativas, que podem levar até mesmo a eventual suspensão da equipe e/ou atleta.

Aproveitamos a oportunidade para reiterar protestos de elevada consideração e estima.

Atenciosamente,

Miguel Carlos Cagnoni

Presidente

Eduardo Fischer

Diretor de Natação



[1]Memorando oficial da FINA em anexoà esse Boletim CBDA (em inglês)