CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

05/05/2009 00:00:00

Começo quente: três recordes sul-americanos e quatro novos índices


Henrique e Thales fazem melhores marcas mundiais de 2009Rio de Janeiro / RJ – O Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação (...)

Henrique e Thales fazem melhores marcas mundiais de 2009

Rio de Janeiro / RJ – O Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Maria Lenk - começou quente. Nas eliminatórias da tarde desta terça-feira, 5/05, Henrique Barbosa e Tales Cerdeira, ambos do Pinheiros, deram show nos 200m peito.

Tales fez 2m09s31 na primeira série e bateu o recorde sul-americano que Henrique Barbosa fizera no campeonato francês, em Montpellier, há 12 dias. Na série seguinte, Henrique recuperou o posto com marca ainda melhor, 2m08s65. Os dois colocaram seus nomes na lista para o Mundial dos Esportes Aquáticos de Roma, em julho. Thiago Pereira era o único com índice para disputar a prova até então, com 2m11s40. Nas eliminatórias desta terça-feira fez 2m15s90.

Os tempos dos brasileiros são melhores do que os primeiros do mundo nos 200m peito em 2009. O nome que figura no topo da lista que está no site da Federação Internacional é o do americano Eric Shanteua que fez 2m09s97 em março deste ano. Logo abaixo vem o do sul-africano Neil Versfeld (2m10s13).

- Até que enfim! – desabafou Tales, de 22 anos, que ficara próximo de conseguir tempo para ir aos Jogos Olímpicos de Pequim.

- A Olimpíada estava engasgada, mas sei que são coisas do esporte. Estava treinando muito bem, mas não esperava um tempo tão bom. Esperava nadar na casa dos 2m10s – confessou.

O estilo peito deu mesmo os melhores resultados das eliminatórias. Tatiane Sakemi, do Pinheiros, fez 2m29s46, e bateu o recorde sul-americano que pertencia a argentina Augustina Giovanni, 2m32s93, desde março de 2003.

Os velocistas também anunciaram uma final empolgante. Nas eliminatórias da prova cinco nadadores fizeram tempo abaixo do índice para Roma, 22s31, dois deles colocam agora seus nomes na lista, Fernando Silva (22s24), do Pinheiros, e Guilherme Roth (22s28), da Unisul.

Desta forma, ao final das eliminatórias do primeiro dia do Troféu Maria Lenk 2009, 23 atletas tem marcas abaixo dos índices para o Mundial da FINA, no entanto, pelo critério dos dois melhores por prova, apenas 18 estariam classificados para a competição internacional.

Cielo: “meus objetivos são ousados” – César Cielo entrou na eliminatória dos 50m livre com o maiô rasgado. Ele mesmo puxou a peça de mal jeito e danificou a peça na perna direita. Segundo ele, isto foi o suficiente para tirar um pouco de sua concentração. Ele fez o segundo tempo da prova, 22s11, atrás do companheiro do clube Pinheiros, Nicholas Santos, que marcou 21s91. Mas sua mira continua fixa na capital italiana.

- O maiô tem um efeito principalmente psicológico. Quando você sobe no bloco com um material de qualidade inferior já não se sente bem ali, parado. A natação conseguiu chegar no auge da tecnologia e esse é o futuro. Ainda não sei qual será meu traje para Roma, mas será uma opção minha e não influência de ninguém. A medalha de ouro é meu objetivo principal no Mundial deste ano e tenho objetivos ousados para as marcas. Se conseguir um recorde mundial antes será total surpresa. Acho que o resultado tem que sair na hora certa.

Sobre a anunciada inovação de estilo que Michael Phelps pretende implementar, Cielo disse não fazer idéia do que seja.

- Não posso imaginar o que será, mas independente de qualquer coisa, acho que os recordes estão num ritmo muito acelerado. Não penso no Phelps como meu adversário direto – disse.

O Troféu Maria Lenk 2009 conta com o patrocínio dos Correios e terá transmissão ao vivo das finais, que começam às 10h de quarta-feira, 06/05, domingo, 10/05. As eliminatórias começam às 17h nesta terça-feira, 05/05, e às 18h de quarta, 06/05, a sábado, 09/05.

ATLETAS COM ÍNDICES PARA MUNDIAL DE ROMA ATÉ O DIA 5/05/2009

FEMININO50m livre (25s10) - Flávia Delaroli-Caziolato (25s06)50m costas (28s81) – Fabíola Molina (28s22)100m costas (1m01s23) – Fabíola Molina (1m01s00)50m borboleta (26s86) – Gabriella Silva (26s28) / Daynara de Paula (26s57)100m borboleta (58s82) – Gabriella Silva (58s00)200m medley – Joanna Maranhão (2m14s97)400m medley – Joanna Maranhão (4m40s48)MASCULINO50m livre masc  (22s31)– César Cielo (21s30) / Nicholas Santos (21s91) / Bruno Fratus (22s22) / Fernando Silva (22s24) / Guilherme Roth (22s28)100m livre (48s87) – César Cielo (47s67)200m livre (1m48s47) – Rodrigo Castro (1m47s87) / Nicolas Oliveira (1m48s22)50m costas (25s76) – Guilherme Guido (25s36) / Daniel Orzechowski (25s57)100m costas (54s92) – Guilherme Guido (54s86)50m peito (28s08) – João Júnior (27s64) / Felipe França Silva (27s72) / Felipe Lima (27s90) / Eduardo Fischer (28s04) 100m peito (1m01s11) – Felipe França (1m01s04) / Henrique Barbosa (1m01s11)200m peito (2m12s44) – Henrique Barbosa (2m08s65) / Tales Cerdeira (2m09s31) / Thiago Pereira (2m11s40)50m borboleta (23s99) – Nicholas Santos (23s64) / César Cielo (23s87)100m borboleta (52s26) – Kaio Márcio (52s05)200m borboleta (1m56s47) – Kaio Márcio (1m54s65)200m medley (2m00s53) – Thiago Pereira (1m58s06) / Henrique Rodrigues (1m59s69)400m medley (4m17s73) – Thiago Pereira (4m11s25)

Atenciosamente,