CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

20/09/2010 00:00:00

Chuva de recordes abre o Brasileiro em Piscina Curta


Rio de Janeiro/RJ – Dois Recordes sul-americanos, dois brasileiros e sete de campeonato caíram noite desta segunda-feira, 20/09, primeiro dia (...)

Rio de Janeiro/RJ – Dois Recordes sul-americanos, dois brasileiros e sete de campeonato caíram noite desta segunda-feira, 20/09, primeiro dia de eliminatórias do Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu Maria Lenk, no Parque Aquático Maria Lenk. A final da primeira etapa começa às 10h desta 3ª feira, 21/09, com várias provas acirradas.

A competição é a última seletiva para o Campeonato Mundial em Piscina Curta de Dubai, que acontecerá em dezembro deste ano. Cada país pode inscrever dois por prova, mas várias disputas já contam com mais que este limite.

No primeiro dia de eliminatórias, o Flamengo (1m26s52) bateu o recorde sul-americano, brasileiro e de campeonato na série fraca do revezamento 4x50m livre masculino, com Thiago Sickert, Nicholas Santos, Cesar Cielo Filho e Frederico Castro. O quarteto bateu o tempo de 2005 do Pinheiros (1m26s68).

A prova masculina de 50m livre começou quente. Cesar Cielo (21s44) igualou o recorde de campeonato que pertencia a Fernando Scherer desde 1998. O nadador do Flamengo fez marca melhor na etapa Rio da Copa do Mundo (21s08) e é o primeiro nome para o Mundial dos Emirados Árabes. Nas eliminatórias da primeira etapa deste Finkel, Bruno Fratus (21s64), do Pinheiros, entrou como o segundo da prova, mas Nicholas Santos (21s75) ficou próximo e disse que a disputa ainda vai esquentar nas semifinais e finais.

- Dei três respiradas e foi bom pra quebrar o gelo. Segurei um pouco porque ainda tinha o revezamento, mas espero melhorar o tempo na semifinal e final. O ideal é chegar na casa dos 20 segundos – disse Cielo.

A competição começou com o recorde sul-americano da argentina Agustina de Giovani (2m26s24), da Unisanta. A marca anterior era do ano passado, de Tatiane Sakemi (2m26s44). Agustina fica com o recorde, mas não com os pontos de bônus, que vão para a sueca Joline Hostman (2m23s01), nadando pelo Pinheiros, caso continue como a melhor marca após a final.

A briga masculina nos 200m peito também promete ser uma das mais empolgantes do primeiro dia de finais. Quatro dos oito finalistas possuem índices para o Mundial de Dubai. São apenas duas vagas. Os dois melhores tempos - Tales Cerdeira (2m05s61), do Pinheiros e Henrique Barbosa (2m06s45), do Flamengo - conseguiram na Copa do Mundo, há duas semanas. Os outros dois – Felipe França (2m07s37), do Pinheiros, e o Felipe Lima (2m09s08), da Unisanta, fizeram nas eliminatórias desta segunda-feira. França bateu o recorde de campeonato (2m10s47), que era de Marcelo Tomazini desde 2002.

Poliana Okimoto (8m27s77) e a chilena Kristel Kobrich (8m22s99), do Corinthians, fizeram uma boa disputa na série fraca dos 800m livre. Ambas fizeram tempo melhor que o recorde brasileiro (8m33s69), que era da baiana Nayara Ribeiro desde 2000. Como Kristel é chilena, Poliana fica como a recordista.

- É muito difícil para nós, fundistas, manter um polimento por muito tempo. Estava preparada para o Mundial de Maratonas (no Canadá em julho) então estou muito feliz porque não esperava mesmo esse tempo – disse Poliana.

O austríaco Markus Rogan (1m53s68), nadando pelo Minas Tênis, bateu o recorde de campeonato dos 200m costas, que era de Lucas Salatta (1m53s96) desde 2005.

O Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu José Finkel 2010 acontece com recursos dos Correios, Bradesco, Gol Linhas Aéreas Inteligentes e Speedo.

Atenciosamente,