CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

28/03/2010 00:00:00

Fabíola estreia bem e Joanna busca seu 5º ouro


Medellin/COL – No terceiro dia das provas de natação do Sul-Americano de Medellín, Fabíola Molina estreiou bem na competição e (...)

Medellin/COL – No terceiro dia das provas de natação do Sul-Americano de Medellín, Fabíola Molina estreiou bem na competição e superou os recordes do campeonato sul-americano e dos Jogos da Odesur nos 50m costas, com 28s69. Antes a  colombiana Carolina Henao tinha conquistado as marcas e levantado a arquibancada na 1ª bateria, com 29s48.           O recorde continental de Fabíola é de  27s70, mas o tempo de hoje foi o suficiente para lhe garantir a raia 4 da final de logo mais, a partir das 20h, de Brasília. Fernanda Alvarenga também estará na prova, com a 7ª marca das seletivas, 30s70.Na última prova da manhã, os  200m borboleta, Joanna Maranhão (Sá para os colombianos) apresentou as credenciais em busca de sua sexta medalha, a quinta de ouro. A nadadora pernambucana fez o melhor tempo, com 2m16s33. A capixaba Daiene Dias também estará na piscina do complexo esportivo Atanásio Girardot à noite, após fazer o quarto tempo em 2m21s92.Nos 50m livre masculino, Nicolas Oliveira e Guilherme Roth se classificaram com o 3º e o 7º tempos, 23s34 e 23s69, respectivamente. O melhor foi o argentino Federico Grabich, 23s25.No estilo peito, uma boa performance de Carolina Mussi, primeira colocada com 2m42s60, e de Tatiane Sakemi, 3ª, com 2m44s99. Mas nos 100m borboleta, Gabriel Mangabeira, com a 10ª posição (57s19), ficou de fora da final da prova. O mesmo aconteceu com Leonardo de Deus nos 200m medley, com a 12ª colocação, 2m18s11. Mas nesta prova, Thiago Pereira demonstrou porque é o recordista sul-americano e foi o melhor com 2m09s28.Nos 200m livre, Tatiana Lemos Barbosa e Sarah Correa nadaram lado a lado na última bateria e chegaram praticamente juntas. Tatiana conseguiu o quarto tempo, e Sarah, o quinto para a final da noite.