CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

08/04/2015 19:21:20

Revezamento feminino quebra recorde feito nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004


Maria Lenk 2015

Foto: Revezamento feminino quebra recorde feito nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004
08/04/2015 19:21:20

Rio de Janeiro/RJ – O revezamento de 4x200m livre feminino do Pinheiros de Joanna Maranhão, Manuella Lyrio, Gabriele Roncatto e Larissa Oliveira marcou 8m03s22 e bateu o recorde sul-americano que já durava desde os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Provas emocionante marcaram as finais da terceira etapa do Troféu Maria Lenk 2015, na piscina do Fluminense, na noite desta quarta-feira, 8/04.

Depois de 11 anos o tempo feito por Joanna Maranhão, Monique Ferreira, Mariana Brochado e Paula Baracho, 8m05s29, foi finalmente baixado. Joanna, única remanescente do time sétimo colocado nos Jogos Olímpicos da Grécia, quase supera outra marca importante de Atenas, os 4m40s00 dos 400m medley com que foi quinta colocada (melhor resultado da natação feminina brasileira empatada com Piedade Coutinho em 1948) e ainda é o recorde sul-americano da prova. Ela marcou 4m40s57, tempo que garante vaga no Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, em julho. Após a prova, Joanna disse que o tempo desta final a estava colocando entre 20 ou 25 melhores do mundo, mas não. A marca dela é a 13ª do mundo este ano, empatada com a da japonesa Miyu Otsuka.

- Foi bom. Passei de manhã porque esqueci de tomar o gel de carboidrato. E aí pensei que era hora de concentrar . Esquecer tudo o que não deu certo de manhã. E deu certo. Cheguei aqui e estava me sentindo muito bem na água. Estou no caminho certo. Não tenho a menor dúvida disso. A felicidade que eu sinto quando estou atrás do bloco pra nadar os 400m medley é igual a que eu sentia quando tinha 17 anos de idade. Então não tem preço você voltar a sentir prazer em fazer o que faço. Estou muito feliz e acho que é isso o que vale - disse Joanna, que ainda fez 2m00s60 na abertura do reveza e entrou na lista do 4x200m livre para Kazan. 

Bruno Fratus, Cesar Cielo, Thiago Pereira, Brandonn Almeida, Etiene Medeiros e Joanna Maranhão. Todos fizeram índices para o Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, em julho e agosto deste ano, e todos em boas posições no ranking mundial da temporada. 

Os 50m livre trouxeram a tradicional adrenalina da prova mais rápida da natação mundial, com Bruno Fratus, do Pinheiros, vencendo a disputa com 21s74, o segundo melhor tempo do ranking mundial este ano, atrás apenas do francês Florent Manaudou, que marcou 21s57 este ano. Cesar Cielo, do Minas Tênis, foi o segundo na prova, com 21s84, e tem o terceiro tempo do ranking mundial. Os dois, Bruno e Cielo, tinham tempo melhores do Torneio Open, respectivamente 21s40 e 21s60. Cielo venceu esta prova no Troféu Maria Lenk em 2006 e de 2008 a 2014. Em 2007, ele não competiu. 

- Estou na seleção há alguns anos. Venho me confirmando, mas é sempre uma emoção muito grande você bater na parede, olhar o placar e falar: Ufa! Mais um ano defendendo o Brasil, a bandeira e tudo mais. A partir do momento que a gente confirma a vaga a gente já começa a trabalhar pra escutar o hino nacional lá no pódio no Pan-Americano e no Mundial. Estar com o primeiro tempo nos 50m livre no Brasil é uma satisfação, uma honra muito grande e é uma responsabilidade também porque está sempre ali Brasil, França e Estados Unidos os três melhores países nesta prova – disse Fratus.

Cesar Cielo disse que o Brasil está com grandes nadadores de 50m e 100m livre e estará muito bem representado nas duas competições – Jogos Pan-Americanos de Toronto e Mundial de Kazan.

- Tem bastante coisa que preciso melhorar. É terminar esta competição e ver o que preciso fazer pra voltar a forma em que estava no ano passado. Eu provavelmente vou só para o Mundial, mas acho que o Brasil estará muito bem representado.  Agora para o Mundial preciso voltar a fazer os 21s3, 21s4. Esse tempo de hoje não pode sair de novo não. Não estou  100 por cento, mas esperava um pouco mais – analisou.

Etiene Medeiros, do Sesi/SP, por muito pouco não chega no próprio recorde sul-americano superado no Torneio Open, em dezembro. Ela fez 24s78 e a marca do Open foi 24s74. Atrás de Etiene na final desta terça ficou Graciele Hermann, do Grêmio Náutico, com 24s95, também melhor que o índice, que ela já tinha com 24s87. Ambas garantiram vagas no Mundial.

- Está chegando. Quanto mais eu nadar em 24 segundos, melhor. Esta prova eu nado desde pequenininha. Os cinquentinhas estão dentro de mim – disse Etiene.

Thiago Pereira, do Minas Tênis, conforme tinha anunciado nas eliminatórias partiu para fazer o índice dos 400m medley - prova que lhe deu a medalha olímpica em Londres - e marcou 4m13s94, detonando os 4m16s71 exigidos para a prova. A boa notícia foi que Brandonn Almeida, do Corinthians, o atleta júnior que na véspera conseguira o índice para nadar os 1500m livre no Mundial adulto também conquistou a marca para Kazan nos 400m medley, com 4m15s82. Ele tinha marca apenas para o Mundial Junior, 4m21s39.

- Vai fazer um ano que eu estava fora desta prova. 400m medley como eu sempre falo é sempre uma surpresa. 4m13s está um pouco longe do meu melhor, mas estou bem satisfeito. Tem muita coisa pela frente e eu gosto de focar o dia-a-dia. Quando acabar a semana, a seletiva eu vejo quais as provas vou nadar no Pan e no Mundial - completou Thiago.

Minas e Pinheiros na briga – O Minas Tênis Clube conseguiu mais um dia na liderança do Troféu, com 979 pontos. O Pinheiros começou a competição em primeiro, caiu para terceiro e agora termina a 3ª etapa em segundo com 943 pontos, a apenas 36 pontos do líder. O Corinthians está em terceiro, com 783 pontos.

O Troféu Maria Lenk acontece até sábado, 11/04, com as eliminatórias a partir das 9h00 e as finais começando às 17h e finais B às 19h, com exceção do último dia, que terá as eliminatórias iniciando às 8h30, finais B às 16h, aquecimento para as finais A às 16h40 e finais A começando a partir das 17h15. A competição conta com transmissão ao vivo da TV CBDA até quarta-feira, 8/04. A partir da quinta-feira, 9/04, até sábado, 11/04, as finais serão transmitidas pelo Canal Sportv.

O Troféu Maria Lenk de Natação 2015 acontece com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá.

Resultados Finais – 3ª etapa - dia 8/04/15

400m Medley Fem – 1) Joanna Maranhão – Pinheiros – 4m40s57 / 2) Florencia Perotti – Grêmio Náutico União – 4m46s95 / 3) Virginia Bardach – Minas Tênis – 4m47s88

400m Medley Masc – 1) Thiago Pereira – Minas tênis – 4m13s94 / 2) Brandonn Almeida – Corinthians – 4m15s82 / 3) Thiago Simon – Corinthians – 4m19s28

 50m Livre Fem – 1) Etiene Medeiros – Sesi/SP – 24s78 / 2) Graciele Hermann – Grêmio Náutico União – 24s95 / 3) Alessandra Marchioro – Unisanta – 25s49

 50m Livre Masc – 1) Bruno Fratus – Pinheiros – 21s74 / 2) Cesar Cielo – Minas Tênis – 21s84 / 3) Alan Vitória – Minas Tênis – 22s28

 800m Livre Fem – Samantha Arevalo – Fluminense – 8m39s26 / 2) Carolina Bilich – Minas Tênis – 8m40s79 / 3) Poliana Okimoto – Unisanta – 8m443s44

 Rev. 4x200m Livre Masc – Pinheiros – Marcos de Oliveira, João Pedro Cervone, João de Lucca e Gabriel ogawa – 7m16s67 – Recorde de Campeonato / 2) Minas Tênis – Nicolas Oliveira, Thiago Pereira, Giuliano Rocco e Miguel Valente – 7m17s83 / 3) Unisanta – Thiago Sickert, Matheus Santana, Felipe de Souza e Vinicius Waked – 7m19s14

 Rev. 4x200m Livre Fem – Pinheiros – Joanna Maranhão, Manuella Lyrio, Gabriela Roncatto e Larissa Oliveira – 8m03s22 – Recorde Sul-Americano, Brasileiro e de Campeonato / 2) Minas Tênis – Maria Paula Heitmann, Virginia Bardach, Carolina Bilich e Andressa Lima – 8m15s10 / 3) Grêmio Náutico União – Julia Volkmann, Eloisa Bassani, Nicole Murdiga e Viviane Jungblut – 8m19s87

Programa de provas
Dia 09/4 (5ª feira) = 200m borboleta F e M / 100m peito F e M / 800m livre F / 4x100m livre M / 4x100m livre F e M

Dia 10/4 (6ª feira) = 200m medley F e M / 50m borboleta F e M / 400m livre F e M / 50m costas F e M

Dia 11/4 (sábado) = 100m livre F e M / 50m peito F e M / 200m costas F e M / 4x100m medley F e M



Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá