CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

10/04/2015 18:38:45

Leo de Deus derruba recorde batido no Pan de 2003


Troféu Maria Lenk 2015

Foto: Leo de Deus derruba recorde batido no Pan de 2003
10/04/2015 18:38:45

Rio de Janeiro/RJ – O recorde sul-americano dos 400m livre masculino foi mais um “tabu” superado nas finais do Troféu Maria Lenk 2015. Na noite desta sexta-feira, 10/04, na piscina do Fluminense, Leonardo de Deus fez 3m49s62 e deixou para traz a marca feita pelo venezuelano Ricardo Monastério, 3m50s01, nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo 2003. Curiosamente, apesar de ter integrado diversas seleções, este é o primeiro recorde continental da carreira de Leo de Deus, que na véspera, 9/04, fez o melhor tempo do ano nos 200m borboleta.

- Eu estou fazendo uma competição maravilhosa. Estou muito feliz com os meus resultados. Estou trabalhando bastante, me dedicando 101 por cento para ser bicampeão pan-americano, medalhista mundial e chegar ano que vem e conquistar no meu país uma medalha. Estou pela primeira vez acreditando que é possível. Eu que nunca saí do Brasil. Minha equipe é toda brasileira. É um trabalho com muita gente envolvida, todos com um só objetivo. Essa prova para mim é um bônus. Estou treinando bastante os meus 200m borboleta. Mas eu não sou atleta de uma prova só. Essa é uma prova que me dá base, resistência para os 200m borboleta. É o primeiro recorde da minha vida e esta foi a prova do meu começo. Comecei nadando 400m livre – disse.

Nicholas, Etiene e Cielo no topo do mundo - O penúltimo dia do Campeonato também teve Nicholas Santos e Cesar Cielo com os dois melhores tempos do mundo este ano nos 50m borboleta. Este foi o penúltimo dia da competição e encerra a chance dos atletas carimbarem o passaporte para os Jogos Pan-Americanos de Toronto e para o Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, em julho e agosto. O Troféu termina neste sábado, 11/04, com eliminatórias a partir das 8h30, finais B às 16h, aquecimento para as finais A às 16h40 e finais A começando a partir das 17h15, com transmissão pelo Canal Sportv.

- Entrei “desencanado” pra nadar. Isso acontece quando a gente está tranquilo porque eu já tinha feito o índice. Acabei fazendo uma excelente prova. A minha saída e transição da prova foram fundamentais. Normalmente não dou tanta distância do Cesar e dessa vez consegui manter até o final. Estou com 35 anos e já comecei a ficar mais calejado de situações como essa, entrar com o primeiro tempo e nadar com um cara que é bicampeão mundial. O Cesar também tinha feito 22s no ano passado, então acho que a gente vai chegar nesse Mundial pra subir ao pódio – disse Nicholas.

Nicholas foi o primeiro da prova com 22s90 e Cesar foi o segundo, com 23s11. O atleta da Unisanta venceu o do Minas Tênis também no ranking mundial, pois antes das finais desta sexta-feira Cesar era o primeiro do ranking do mundo, com 23s28 feitos numa competição em Minas, enquanto Nicholas era o 7º (23s47). Cielo é bicampeão mundial nesta prova e certamente irá para a Rússia decidido a conquistar seu terceiro título consecutivo. O tempo de Nicholas neste Maria Lenk seria ouro no Mundial de Barcelona, quando Cesar venceu com 23s01, mas não chega no recorde brasileiro e sul-americano de Cielo, 22s76, feitos em 2012.

- Essa deve ter sido uma das provas mais bem nadadas e técnicas da competição inteira, fazendo o primeiro e o segundo do ranking mundial. É o meu melhor tempo sem um descanso completo. Nunca tinha nadado tão baixo nessa fase. Agora é focar no Mundial pra superar o meu melhor tempo (22s76). Ainda fiquei perto meio segundo do meu melhor. Fiquei mais satisfeito com esse resultado do que com o do nado livre – explicou Cesão.

Etiene Medeiros, do Sesi/SP, ficou a um centésimo do seu recorde sul-americano nos 50m costas. Ela fez 27s38 e a marca era 27s37 do Open de dezembro passado. No entanto, o tempo bate o próprio recorde de campeonato de Etiene - 27s88 de 2013 - e é o primeiro do mundo em 2015, superando a marca da australiana Emily Seebohm (27s47).

- Foi bem legal. No decorrer da competição eu fui muito progressiva nos resultados. Esta é uma prova que eu gosto. É uma prova natural minha. Espero fazer melhor no mundial, quem sabe. É bacana porque é mais um Maria Lenk, mais detalhes pra ajustar. Esse ano já é preparação para as Olimpíadas e o meu foco principal são as duas provas olímpicas, 100m costas e 50m livre – explicou.

Nas provas de 200m medley, Joanna Maranhão (2m12s78) e Henrique Rodrigues (1m59s28), ambos do Pinheiros, melhoraram ainda mais o índice para o Mundial de Kazan, que ambos já tinham.

Minas e Pinheiros braçada a braçada pelo título - O Minas Tênis permanece na liderança do 55º Brasileiro Absoluto de Natação / Taça Correios / Troféu Maria Lenk. O clube mineiro totaliza 1759 pontos, seguido de muito perto pelo Esporte Clube Pinheiros, com 1670. Na terceira posição vem o Corinthians com 1422, com a ajuda do recorde continental de Leo de Deus. Unisanta e Sesi completam o Top-5 com 956 e 777 pontos, respectivamente.

O Troféu Maria Lenk acontece até sábado, 11/04, com as eliminatórias a partir das 9h00 e as finais começando às 17h e finais B às 19h, com exceção do último dia, que terá as eliminatórias iniciando às 8h30, finais B às 16h, aquecimento para as finais A às 16h40 e finais A começando a partir das 17h15, com transmissão pelo Canal Sportv.

O Troféu Maria Lenk de Natação 2015 acontece com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá.

Resultados finais – 5ª etapa – dia 10/04/2015

200m medley F – 1 – Joanna Maranhão – Pinheiros – 2m12s78 / 2 – Virgínia Bardach – Minas Tênis – 2m16s58 / 3º Gabriele Roncatto – Pinheiros - 2m17s85

200m medley M – 1 - Henrique Rodrigues – Pinheiros – 1m59s28 / 2 – Thiago Simon – Corinthians – 2m00s60 / 3 – Gabriel Ogawa – Pinheiros – 2m02s06

50m borboleta F – 1 - Daynara de Paula – Sesi – 26s51 / 2 – Daiene Dias – Minas Tênis - 26s73 / 3 – Bruna Rocha – Corinthians - 26s98

50m borboleta M – 1 – Nicholas Santos – Unisanta – 22s90 / 2 – Cesar Cielo – Minas Tênis – 23s11 / 3 – Henrique Martins – Minas Tênis - 23s38

400m livre F – 1 – Manuella Lyrio – Pinheiros – 4m12s63 / 2 – Carolina Bilich – Minas Tênis – 4m14s07 / 3 – Poliana Okimoto – Unisanta - 4m14s85

400m livre M – 1 – Leonardo de Deus – Corinthians – 3m49s62 / 2 – Lucas Kanieski – Minas Tênis – 3m52s50 / 3 – Miguel Valente – Minas Tênis - 3m53s97

50m costas F – 1 – Etiene Medeiros – Sesi – 27s38 / 2 – Andrea Berrino - Unisanta – 29s39 / 3 – Natalia de Luccas – Corinthians - 29s50

50m costas M – 1 – Daniel Orzechowski – Pinheiros – 25s19 / 2 – Gustavo Louzada – Grêmio Náutico União – 25s44 / 3 – Guilherme Guido – Pinheiros - 25s49

Programa de provas
Dia 11/4 (sábado) = 100m livre F e M / 50m peito F e M / 200m costas F e M / 4x100m medley F e M




Eliana Alves/ Souza Santos/ Mariana de Sá