CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

11/04/2015 17:13:40

Ministério entrega certificado Bolsa Pódio para 16 atletas aquáticos


Troféu Maria Lenk 2015

Foto: Ministério entrega certificado Bolsa Pódio para 16 atletas aquáticos
11/04/2015 17:13:40

Rio de Janeiro/RJ – O Ministro do Esporte, George Hilton dos Santos Cecílio, entregou na tarde deste sábado, às 15h, na piscina do Fluminense, o certificado do programa ‘Bolsa Pódio’ a 11 atletas de natação e 5 de maratonas aquáticas. A cerimônia realizada no pódio do Troféu Maria Lenk de Natação formalizou a entrega dos recursos que são repassados segundo o ranking dos beneficiados ou seu desempenho em Jogos Olímpicos ou Campeonatos Mundiais.

Por ano, a Bolsa Pódio investe R$ 1,2 milhão nos atletas da natação e R$ 756 mil nos atletas das maratonas aquáticas. São quatro faixas: R$ 5 mil, R$ 8 mil, R$ 11 mil e R$ 15 mil.

- Nós avançamos muito. O Bolsa Pódio surge da ideia que a gente precisa ter duas etapas. Inicialmente a preparação desses atletas visando o ano que vem com os jogos Olímpicos e Paralímpicos. E a rede nacional de treinamento que a gente vai estabelecer como legado dos Jogos Olímpicos vai nos permitir em parceria com a iniciativa privada, através da Lei do Incentivo ao Esportes ter todos os espaços com a infra estrutura necessária que requer. É um caminho ainda longo, mas o Brasil definitivamente é hoje um país que tem uma política nacional que apoia o esporte de alto rendimento. Com os resultados positivos dos Jogos tenho certeza que vamos continuar vivendo um ciclo positivo do esporte. A revolução da formação do caráter de nossas crianças não só pelo ponto de vista de saúde pública, mas do ponto de vista de valorização à vida, o esporte sem dúvida é a grande ferramenta. O Governo Federal tem essa sensibilidade e vamos investir o que for preciso para concretizar esses objetivos – disse o Ministro George Hilton.

O Supervisor Executivo da CBDA, Ricardo de Moura, falou em nome do presidente Coaracy Nunes Filho, que já está viajando a caminho do Campeonato Sul-Americano Juvenil, em Lima, no Peru.

- Acho que a importância maior é o Ministro, que representa o Governo Federal, ter vindo ao campo esportivo. Isso nunca aconteceu antes. Quando ele vem ao campo esportivo vai sensibilizando e dando uma noção exata das responsabilidades do cargo. Tem que vir ao campo esportivo porque aqui as coisas são mais reais. Todos os atletas estiveram presentes porque entenderam a importância. Um ano antes  do início dos Jogos isso motiva muito ter aqui a autoridade máxima do esporte no país – disse.

A Bolsa Pódio é uma importante ação do Plano Brasil Medalhas de apoio a atletas olímpicos e paraolímpicos de modalidades individuais com chances de medalhas nos Jogos Rio 2016. Atualmente, 224 atletas estão contemplados, sendo 140 olímpicos e 84 paraolímpicos. Desse total, 16 são de esportes aquáticos. Para ter direito ao apoio, os atletas devem atender a vários critérios técnicos, entre eles estar situados entre os 20 melhores do ranking mundial de suas provas e comprovar evolução na carreira compatível com a expectativa de medalha nos Jogos Rio 2016. Já os atletas de modalidades coletivas recebem o apoio pessoal por meio dos contratos de patrocínio das empresas públicas federais. Os atletas não selecionados na Bolsa Pódio continuam recebendo a Bolsa Atleta do Ministério do Esporte.

Abaixo, os contemplados:

Atletas da natação:

Bruno Fratus

Cesar Cielo

Daynara de Paula

Felipe França

Graciele Herrmann

João de Lucca

Leonardo de Deus

Marcelo Chierighini

Matheus Santana

Nicolas Oliveira

Thiago Pereira

Atletas das maratonas aquáticas:

Allan do Carmo

Ana Marcela da Cunha

Diogo Villarinho

Poliana Okimoto

Samuel de Bona

Dos 11 da natação, quatro (Felipe França, Graciele Herrmann, João de Lucca e Matheus Santana) ingressaram agora na Bolsa Pódio. Os cinco das maratonas já estavam no programa em 2014.



Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá