CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

02/11/2017 19:42:59

Quarteto quebra recordes no segundo dia do Troféu Maurício Bekenn


Giovana Reis Medeiros, Fernanda Celidônio, Gustavo Saldo e Stephan Steverink quebraram marcas.

Foto: CBDA/Divulgação Quarteto quebra recordes no segundo dia do Troféu Maurício Bekenn
02/11/2017 19:42:59

(Porto Alegre, 2 de novembro de 2017) Duas meninas e dois garotos pulverizaram recordes nesta quinta-feira (2), segundo dia de competições do Campeonato Brasileiro Infantil de Verão de natação – Troféu Maurício Bekenn, realizado na piscina do Grêmio Náutico União, em Porto Alegre. Giovana Reis Medeiros, Fernanda Celidônio, Gustavo Saldo e Stephan Steverink quebraram marcas.

As disputas finais não poderiam começar melhor. A atleta Giovana Medeiros, do Corinthians, abriu as disputas quebrando os recordes de campeonato e brasileiro de categoria ao terminar os 200m livre infantil I com o tempo de 2m06s21. Beatriz Koinaski, do GNU, com 2m10s66 ficou com a prata e Bruna de Padua, do Curitibano, com 2m13s92, terminou com o bronze.

“Fiquei muito feliz. Meu objetivo era vencer a prova, mas o recorde acabou vindo junto. Trabalho muito para isso, treino demais. É bom ver que está dando o resultado que minha equipe e eu esperamos”, disse a nova recordista da prova.

Destaque no Troféu Chico Piscina de 2017, a atleta Fernanda Celidônio voltou a brilhar nesta temporada. A garota do ASBAC terminou os 100m costas infantil II em 1m02s51 e quebrou os recordes de competição e brasileiro de categoria. Julia Goes, do Sport, terminou em segundo e Cibelly Martins, do Corinthians, com o bronze.

“Foi uma marca muito boa que eu fiz e isso me deixa muito feliz. Ainda tenho algumas provas para nadar aqui no Troféu Maurício Bekenn e quero dar meu melhor aqui”, falou.

Outro destaque no Troféu Chico Piscina, o paranaense Gustavo Saldo voltou a mostrar seu talento. Depois de vencer os 200m livre infantil II com o tempo 1m54s43, o garoto de 14 anos quebrou a marca dos 100m borboleta com o tempo de 56s23 e estabeleceu o novo recorde brasileiro e de campeonato da categoria na prova.

Quem também repetiu grande atuação foi Stephan Steverink. O atleta do Instituto Novos Cielos estabeleceu o novo recorde brasileiro de categoria e o novo recorde de campeonato ao terminar os 400m infantil I com o tempo de 4m44s86. Henrique Domingues, do Curitibano, terminou a prova com o tempo de 5m02s72, e João Paulo Janke, do AAC-SEMEL, em terceiro com o tempo de 5m05s88.


Ao fim do segundo dia de competições, o Clube Curitibano lidera a classificação geral da competição com 163 pontos, seguido pelo Corinthians com 132,50 e o Minas Tênis Clube com 101.

Clique aqui e veja todos os resultados do evento.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

Os Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA