CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

23/11/2017 21:54:17

Murilo Sartori quebra recordes no segundo dia do Troféu Carlos Campos Sobrinho


Garoto de Americana, ao lado de Sofia Rondel e Victor Baganha, foram os destaques desta quinta-feira.

Foto: CBDA/Divulgação Murilo Sartori quebra recordes no segundo dia do Troféu Carlos Campos Sobrinho
23/11/2017 21:54:17

(Belo Horizonte, 23 de novembro de 2017) O atleta Murilo Setin Sartori, de Americana, no interior de São Paulo, foi o grande nome desta quinta-feira (23), no Campeonato Brasileiro Juvenil de natação – Troféu Carlos Campos Sobrinho, realizado na piscina do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O jovem quebrou as marcas de campeonato e brasileira de categoria nos 200m livre juvenil 1.

Murilo dominou a prova do início ao fim e, com o tempo de 1m51s24, estabeleceu a nova marca da competição e brasileira da categoria juvenil 1. Bruno Dutra, da Unisanta, ficou com a medalha de prata e Arthur Souza, do Grêmio Náutico União, com o bronze.

“Hoje, quando cheguei ao Parque Aquático, me senti muito bem e senti que dava para nadar para o recorde. Estou muito feliz de ter conseguido essa marca, muito feliz com a medalha de ouro e com os pontos somados ao meu clube. Tenho que agradecer a todos que trabalham comigo para que eu chegue aqui e consiga esse resultado”, disse.

O segundo dia de disputas teve outros dois grandes destaques: Sofia Garuffi Rondel, do Corinthians, e Victor Melo Baganha, do Minas Tênis Clube. Os dois conquistaram o ouro em duas provas diferentes.

Sofia conquistou o ouro nos 200m livre e nos 100m borboleta, todas no juvenil 1. Nos 200m livre, ela completou o percurso com o tempo de 2m04s74 para conquistar a medalha de ouro. Nos 100m borboleta, a garota do Corinthians precisou de 1m03s60 para levar mais um título neste dia de competições.

“Minha intenção era passar forte tanto nos 200m livre, quanto nos 100m borboleta. São duas provas que me sinto muito bem e vim aqui para conquistar esses dois títulos. Confesso que não esperava tempos tão bons, mas estou muito feliz por isso”, falou.

Nadando em casa, Victor Baganha, do Minas Tênis Clube, fez bonito nos 100m borboleta e nos 400m medley, também no juvenil 1. O garoto precisou, para completar os 100m borboleta, de 55s98 – apenas 52 centésimos acima do atual recorde de campeonato, que pertence ao atleta olímpico Henrique Martins. Já nos 400m medley, o jovem completou o percurso em 4m4497 e conquistou mais uma medalha de ouro.

“Estou muito feliz com o meu desempenho. O borboleta é a minha prova. É a que eu mais gosto de nadar, queria nadar um pouco mais rápido, talvez para o recorde, mas foi o que eu consegui e estou muito feliz. Tive pouco tempo de recuperação para o medley, porém nós treinamos esse período para soltar e voltar para conseguir nadar mais uma prova”, completou.

Ao fim do segundo dia de competições, o Pinheiros disparou na liderança da contagem geral de pontos do torneio com 234 pontos. O Minas Tênis Clube vem em segundo com 142 pontos e o Corinthians tem 122, em terceiro. Clique aqui para ver todos os resultados do torneio.

A competição segue nesta sexta-feira (24) com eliminatórias no período da manhã e finais à tarde. A TV CBDA transmite todas as provas da competição.

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

Os Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA