CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

06/06/2018 20:36:32

Campeonato Brasileiro Juvenil começa com dois recordes nos 200m peito


Nichelly Lysy e Raphael Windmuller foram os destaques do primeiro dia do torneio

Foto: CBDA/Divulgação Campeonato Brasileiro Juvenil começa com dois recordes nos 200m peito
06/06/2018 20:36:32

(Rio de Janeiro, 06 de junho de 2018) O Campeonato Brasileiro Interclubes Juvenil de Natação não poderia ter começado melhor. Na noite desta quarta-feira (6), a primeira de finais do Troféu Arthur Sampaio Carepa, dois recordes foram batidos. Nychelly Lysy bateu o Recorde de Campeonato e Raphael Windmuller quebrou a marca brasileira de categoria, ambos nos 200m peito. A competição segue até o próximo sábado (9), na piscina do Botafogo, no Rio de Janeiro.

+ Assista aos vídeos do Campeonato Brasileiro Interclubes Juvenil de Natação.

+ Veja todos os resultados da competição.

Os dois recordes saíram nos 200m peito Juvenil 1. Entre as mulheres, Nichelly Brandão Lysy, do Minas Tênis Clube, quebrou o Recorde de Campeonato. Ela estabeleceu a nova marca ao completar a prova com o tempo de 2m39s16. Katya Fonseca terminou com a prata e Clara Nascimento completou o pódio.

“Essa prova dói muito. São 200m peito, não tem como ser diferente, mas fui indo bem. Quando vi, só faltavam 50m, depois 25m e chegou o recorde. Estou muito feliz e só tenho a agradecer a todos que me ajudam”, disse.

No Juvenil 1 masculino, Raphael Windmuller também estabeleceu uma nova marca na prova. O atleta do Curitibano completou os 200m peito com o tempo de 2m21s43 e vibrou com seu desempenho. Pedro Pimentel ficou com a prata e João Eduardo Nogueira com o bronze.

“Pude nadar essa prova que eu não costumo nadar e, por isso, esse resultado me deixa muito feliz. E não é fácil estar ao lado de tanta gente boa”, falou.

Outro destaque da noite foi Lucas Santos, da Unisanta. Na prova mais rápida da natação, o atleta confirmou seu favoritismo em uma final com tempos fortes. Victor Baganha conquistou a medalha de prata e Murilo Sartori terminou com o bronze.

“É a prova em que me sinto bem. Não é melhor tempo, mas estou satisfeito. Quero nadar bem os 100m livre também. É um dos meus objetivos aqui no Campeonato Brasileiro Interclubes Juvenil”, relatou.

Nas provas de fundo para meninas, melhor para o Grêmio Náutico União e para o Corinthians. No Juvenil 1, Cibelle Jungblut, irmã da atleta da seleção brasileira Maratonas Aquáticas Viviane Jungblut, conquistou o título. No Juvenil 2, Sofia Rondell levou a medalha de ouro para casa.

“Foi uma prova muito acirrada. A Lívia, minha companheira de clube, nadou muito bem e disputou até o final. Eu não tenho tanta experiência nos 800m livre, então acho que foi uma boa prova”, contou Sofia.

A competição segue nesta quinta-feira (7), com eliminatórias a partir das 9h e finais a partir das 17h30. A TV CBDA transmite todas as etapas do torneio.



Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA