CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

01/07/2018 18:15:24

Dupla brasileira empata em 1º lugar, e Brasil encerra Sette Colli com 15 medalhas


Fernando Scheffer e Luiz Altamir empataram em primeiro lugar nos 200m livre

Foto: CBDA/Divulgação Dupla brasileira empata em 1º lugar, e Brasil encerra Sette Colli com 15 medalhas
01/07/2018 18:15:24

(Rio de Janeiro, 1º de julho de 2018) O Brasil encerrou, neste domingo (1º), sua participação no Torneio Sette Colli, um dos mais tradicionais da Natação mundial, realizado em Roma, na Itália. Nesta última etapa da competição, destaque para Luiz Altamir Melo e Fernando Scheffer que empataram em primeiro lugar nos 200m livre. Ao todo, o Brasil encerrou a disputa com 15 medalhas.

O dia foi recheado de medalhas para o Brasil, quase todas elas em provas de 200m livre. Entre os homens, Fernando Scheffer e Luiz Altamir Melo empataram com o tempo de 1m46s84. Vale lembrar que Scheffer é o atual recordista sul-americano da prova – estabelecido no Troféu Brasil - e Luiz Altamir fez seu melhor tempo na carreira.

Na versão feminina da prova, as meninas brasileiras brilharam. Manuella Lyrio, que disputa a competição representando o Pinheiros, conquistou a medalha de prata ao completar a prova com o tempo de 1m57s99. Larissa Oliveira terminou com o bronze (1m58s55).

Para encerrar as medalhas deste domingo, Guilherme “Cachorrão” Costa conquistou o bronze em sua principal prova. O ouro ficou com o campeão olímpico Gregório Paltrinieri e a prata com o também italiano Domenico Acerenza.

Veja todas as medalhas do Brasil:

Etiene Medeiros – Ouro (50m costas)

Bruno Fratus – 2 Pratas (50m livre e 100m livre)

Gabriel Fantoni – 2 Pratas (50m costas e 100m costas)

Luiz Altamir Melo – 2 Ouros (200m livre e 200m borboleta)

Brandonn Almeida – Prata (400m medley)

Guilherme Costa – Prata e Bronze (800m livre e 1500m livre)

João Gomes Júnior – Prata (50m peito)

Pedro Spajari – Bronze (100m livre)

Fernando Scheffer – Ouro (200m livre)

Manuella Lyrio – Prata (200m livre)

Larissa Oliveira – Bronze (200m livre)


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

Os Correios, patrocinador oficial da entidade, são parceiros da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA