CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

09/08/2018 10:58:03

Brasil estreia com medalha de bronze de João Gomes Júnior no Pan-Pacífico


Ao todo, seleção brasileira teve sete atletas em finais neste primeiro dia de competições em Tóquio

Foto: CBDA/Divulgação Brasil estreia com medalha de bronze de João Gomes Júnior no Pan-Pacífico
09/08/2018 10:58:03

(Rio de Janeiro, 9 de agosto de 2018) O Brasil conquistou, nesta quinta-feira (9), sua primeira medalha no Campeonato Pan-Pacífico de 2018, realizado em Tóquio, no Japão. Com 59s60, João Gomes Júnior obteve o bronze nos 100m peito. Larissa Oliveira, Fernando Scheffer, Luiz Altamir, Brandonn Almeida, Leonardo Santos e Guilherme Costa também nadaram finais neste primeiro dia de competições.

Atleta mais experiente da seleção brasileira que está no Pan-Pacífico e atual vice-campeão Mundial nos 50m peito, João Gomes Júnior brilhou na distância olímpica da prova em que é sua especialidade. O atleta, de 32 anos, nadou para a marca de 59s60 e conquistou o bronze nos 100m peito. O ouro ficou japonês Yasuhiro Koseki (59s08) e a prata com o australiano Jake Packard (59s20).

Nos 200m livre, três brasileiros estiveram em finais: Fernando Scheffer e Luiz Altamir na final A e Larissa Oliveira na final B. Entre os homens, Scheffer e Altamir, que também fazem parte do revezamento 4x200 do Brasil, ficaram com a quarta (1m46s12) e a oitava (1m47s53) colocação, respectivamente. Entre as mulheres, Larissa Oliveira obteve a sexta colocação ao nadar para 1m58s80.

O Brasil também teve dois representantes na final dos 400m medley: Brandonn Almeida (4m14s53) para a sexta colocação e Leonardo Santos (4m18s90) e terminou em sétimo na prova. Um dos atletas mais jovens da seleção brasileira, Guilherme “Cachorrão” Costa ficou em quinto lugar nos 1500m livre nadando para 15m03s40.

A competição segue nesta sexta-feira com eliminatórias a partir das 22h (de Brasília) e finais às 5h30. Participam da competição: Argentina, Austrália, Bahamas, Canadá, China, Ilhas Cook, Colômbia, Equador, Guam, Ilhas Marianas, Japão, Nova Zelândia, Oman, Palau, Peru, Filipinas, Tailândia e Estados Unidos.

Veja o desempenho dos brasileiros:

100m peito - João Gomes Júnior - 59s60 - bronze

200m livre - Larissa Oliveira – 1m58s80

200m livre - Fernando Scheffer - 1m46s12

200m livre Luiz Altamir - 1m47s53

400m medley - Brandonn Almeida - 4m14s53

400m medley - Leonardo Santos – 4m18s90

1.500m livre - Guilherme Costa - 15m03s40


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA