CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

01/12/2018 22:58:37

Minas Tênis Clube é campeão geral do Troféu Maurício Bekenn 2018


Com 1267 pontos a equipe de Belo Horizonte conquistou o brasileiro infantil

Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA Minas Tênis Clube é campeão geral do Troféu Maurício Bekenn 2018
01/12/2018 22:58:37

(Vitória, 01 de Dezembro de 2018) O Minas Tênis Clube venceu, após 11 anos, o Campeonato Brasileiro Infantil de Natação – Trófeu Maurício Bekenn 2018. No último dia de competição, realizada no parque aquático do Clube de Natação e Regatas Álvares Cabral, as premiações coletivas e individuais fecharam o evento.

Veja todos resultados do 4° e último dia de competição

Veja as fotos do evento

Assista aos videos do troféu Maurício Bekenn 2018

Os 10 melhores na pontuação final de clubes:


1° MINAS TC                    1267 pontos
2° ESPERIA                      921 pontos
3° GNU                             889 pontos
4° PAINEIRAS                  860 pontos
5° SESI-SP                       760 pontos
6° CORINTHIANS            726 pontos
7° FLUMINENSE FC/RJ   715 pontos
8° CURITIBANO               655 pontos
9° CR FLAMENGO/RJ      622 pontos
10° AESJ                           511 pontos

Encarregada pela logística e delegação da equipe campeã, Clarisse Vasconcelos enaltece: “Os professores Gustavo e Bruno são responsáveis por formar cidadãos, o Minas passa para a gente, nessas equipes de base, a importância de mais do que formar atletas, formar cidadãos para o futuro da sociedade”, ela ainda destaca a relevância da categoria anterior ao infantil: “o Bruno trabalhou comigo no petiz, onde construímos juntamente com o André Cordeiro essa equipe”, finalizou.


Atletas eficientes, classe: infantil 1 - Feminino

1° Thaiana Amaral do SESI-SP com 170 pontos
2° Luiza Lima do Marina BC/RJ com 155 pontos
3° Joanna Farina do Esperia com 149 pontos

Atletas eficientes, classe infantil 1 - Masculino

1° João Paulo do Fluminense FC/RJ com 210 pontos
2° Artur Becker do Minas Tênis Clube com 170 pontos
3° João Afonso do Corinthians com 131 pontos

Atletas eficientes, classe infantil 2 – Feminino

1° Stephanie Balduccini do Paineiras com 280 pontos
2° Giovana Reis Medeiros do Corinthians com 192 pontos
3° Manuela Araujo do Flamengo/RJ com 135 pontos

Atletas eficientes, classe infantil 2 – Masculino

1° Stephan Steverink do Esperia com 320 pontos
2° Lucas Tudoras do Paineiras com 245 pontos
3° Vitor Sega do Americana com 136 pontos

Renato Melo Ferreira, que trabalhou nos Jogos Olímpicos Rio 2016 como árbitro, avaliou positivamente seus demais colegas: “Eu juntamente com outro árbitro FINA (Federação Internacional de natação), Jefferson Borges, fomos os árbitros gerais na função, um no masculino e um no feminino e durante o evento não houve nenhuma desclassificação contestada”. 

Primeiros colocados no índice técnico, Vitor Sega e Giovana Reis Medeiros, venceram na tarde de hoje suas provas.

Abaixo, os 3 melhores pontuadores no masculino. 

1° Vitor Sega, do Americana, com 723 pontos
2° Stephan Steverink, do Esperia, com 717 pontos
3° Lucas Tudoras, do Paineiras, com 688 pontos

Na sequência, o pódio do feminino.

1° Giovana Reis Medeiros, do Corinthians, com 763 pontos
2° Stephanie Balduccini, do Paineiras, com 743 pontos
3° Thaiana Amaral, do SESI-SP, com 714 pontos

O nadador do Americana Vitor Sega quebrou, no primeiro dia de evento, o recorde dos 1500m livre no infantil 2 e garantiu seu espaço na seleção para o Sul-Americano de 2019. Neste sábado, ele obteve mais uma vitória, na prova dos 400m livre com o tempo de 4m06s18.

Gionava Reis Medeiros, representando o Corinthians, também conseguiu estabelecer um recorde na competição. Medeiros no segundo dia de torneio, fez o tempo de 2m03s61 nos 200m livre. Venceu ainda os 800m livre com a marca de 9m25s43 e hoje fez os 400m livre em 4m27s44.

Referente a formação da seleção brasileira, que competirá no Sul-Americano, no Chile, de abril em 2019, Gustavo Otsuka disse: "A nossa seleção vai ser formada e divulgada, somente depois do brasileiro júnior e será composta pelos atletas merecedores do infantil, referente ao regulamento, juntamente do juvenil", o supervisor de Natação da CBDA, finaliza: "Após a competição do Júnior terminar, será divulgada toda a seleção". 

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.



Fonte: Departamento de Comunicação - CBDA