CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

13/12/2018 21:18:20

Victor Baganha, Fernanda Celidônio, Murilo Sartori e Gabriel Dias quebram recordes Brasileiros no segundo dia de Trófeu Carlos Campos Sobrinho


Atletas foram os destaques nesta quinta-feira do Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação

Foto: André Antunes/ÁGUA fotografia Victor Baganha, Fernanda Celidônio, Murilo Sartori e Gabriel Dias quebram recordes Brasileiros no segundo dia de Trófeu Carlos Campos Sobrinho
13/12/2018 21:18:20

(Porto Alegre, 13 de dezembro 2018) O Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação – Troféu Carlos Campos Sobrinho teve seu segundo dia de competição realizado hoje em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O evento aconteceu no clube do Grêmio Náutico União, onde marcas expressivas foram quebradas. 

Veja todos resultados do 2° dia de competição
Veja as fotos do evento
Veja os vídeos pela TV CBDA

Victor Melo Baganha quebrou o recorde brasileiro na prova dos 100m borboleta juvenil 2. Com o tempo de 53s85 estabeleceu a nova marca. O atleta do Minas Tênis Clube agradeceu seu técnico e a estrutura oferecida a ele: “O André está comigo desde o infantil 2, a estrutura do Minas é voltada a construção da pessoa, e o treinamento juntamente com a persistência está dando resultado”, disse o competidor, que por 2 centésimos não venceu também o 400m medley.

Direto de Brasília, a atleta da ASBAC, Fernanda Celidônio bateu o recorde brasileiro nos 100m costas juvenil 1. Com o tempo de 1m02s43, “estou satisfeita com a minha melhor marca pessoal, e espero no open da semana que vem nadar um tempo mais baixo que esse”, falou Fernanda.


Murilo Sartori do clube Americana quebrou outro recorde brasileiro. Com o tempo de 1m48s91 na prova dos 200m livre juvenil 2, ele estabeleceu outra marca em campeonatos brasileiros de natação. Segundo o medalhista de prata nos jogos olímpicos de Los Angeles 1984, e agora comentarista pela TV CBDA Ricardo Prado, "Sartori é um excelente nadador, e o fato dele ter medalha dos Jogos Olímpicos da Juventude comprova isso" afirmou Prado.

O atleta que representa o Marina Barra Clube do Rio de Janeiro, Gabriel Dias deixou seu nome também em uma competição brasileira. Na prova dos 100m borboleta juvenil 1, Dias fez o tempo de 54s49, e agora é dele o recorde brasileiro na categoria.

A pontuação parcial, da classe absoluto até a 31° prova ficou assim: 

1° Minas Tênis Clube     1082,5 pontos
2° Corinthians                 731,5 pontos
3° Fluminense                 638 pontos
4° Sesi-SP                       542 pontos
5° Curitibano                    491 pontos



Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.




Departamento de Comunicação – CBDA