CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

10/04/2019 10:54:38

Natação do Brasil conquista 25 medalhas no primeiro dia de Sul-Americano Juvenil


Seleção brasileira fez bonito na estreia da competição

Foto: Divulgação/CBDA Natação do Brasil conquista 25 medalhas no primeiro dia de Sul-Americano Juvenil
10/04/2019 10:54:38

(Rio de Janeiro, 10 de abril de 2019) A Natação do Brasil conquistou, na última terça-feira (9), primeiro dia de disputas no Campeonato Sul-Americano Juvenil, 25 medalhas. Ao todo, foram 13 de ouro, sete de prata e cinco de bronze. A seleção brasileira também estabeleceu sete recordes na estreia da competição.

Nos 200m livre juvenil B, Sofia Rondell bateu o recorde de campeonato ao completar a prova em 2m01s75. Maria Fernanda Costa, também do Brasil, conquistou a prata e Lucia Gaunna, da Argentina, o bronze.

Stephan Steverink também bateu recorde no primeiro dia de competição. Nos 200m medley juvenil A, ele terminou a prova com a marca de 2m10s09. Lucas Tudoras, também representante da seleção brasileira, ficou com a prata e Eduardo Bendek, da Colômbia, com o bronze.

Também no juvenil A, Perola Santos nadou os 100m peito para 1m12s97, conquistou a medalha de ouro e estabeleceu o novo recorde de campeonato. Sol Theuler, da Argentina, e Marcela Sierra, do Uruguay, ficaram com a prata e o bronze, respectivamente.

Nos 100m peito, mas no juvenil B, Vitor Pinheiro, do Brasil, venceu e estabeleceu a nova marca de campeonato com o tempo de 1m02s86. Fernando Mariano, também do Brasil, conquistou a prata e Juan Carrocia, da Argentina, o bronze.

O Brasil venceu as quatro disputas de revezamento 4x100m livre. Em três deles, estabeleceu o novo recorde de campeonato: feminino (Juvenil A: 3m55s97) e masculino (Juvenil A: 3m34s59/Juvenil B: 3m26s11).

A competição segue até o próximo domingo.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.Seleção brasileira fez bonito na estreia da competição


Departamento de Comunicação - CBDA