CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

21/04/2019 21:10:14

Seleções para Mundial e Jogos Pan-Americanos são definidas no Troféu Brasil


Seleções foram definidas no último dia de Troféu Brasil Maria Lenk

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA Seleções para Mundial e Jogos Pan-Americanos são definidas no Troféu Brasil
21/04/2019 21:10:14

(Rio de Janeiro, 21 de abril de 2019) A seleção brasileira que irá ao Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos e os Jogos Pan-Americanos está definida. Depois do último dia de disputas do Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Brasil Maria Lenk, a Seleção teve seus últimos integrantes decididos e terá 20 nadadores no Mundial, além de 36 para os Jogos Pan-Americanos.

Ao longo da semana, os nomes foram sendo conhecidos. Primeiro, os quatro integrantes do revezamento 4x200m livre (Fernando Scheffer, Breno Correia, Luiz Altamir Lopes Melo e João de Lucca). Depois, os nadadores que formariam o revezamento 4x100m livre (Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Breno Correia – novamente – e Gabriel Santos).

Restaram, então, as vagas para as provas individuais. Guilherme Guido (100m costas), Vinicius Lanza (100m borboleta), Caio Pumputis (200m peito e 200m medley), Etiene Medeiros (100m livre e 100m costas), Viviane Jungblut (800m livre), Brandonn Almeida (400m medley), Diogo Villarinho e Guilherme Costa (1500m livre), João Gomes Júnior e Felipe Lima (100m peito) e Leonardo Santos (200m medley) foram garantindo suas vagas.

No último dia de Troféu Brasil, coube a Bruno Fratus e Leonardo de Deus completarem a seleção brasileira. Pela manhã, o atleta do Minas Tênis Clube garantiu o quinto tempo do mundo nos 50m livre (21s68). Na final, ele nadou para 21s47 e fez o melhor tempo da temporada. Nos 200m costas, Leonardo de Deus também garantiu um lugar na Seleção.

De acordo com o supervisor de Natação da CBDA, Gustavo Otsuka, o Troféu Brasil Maria Lenk formou uma seleção com valores de equipe e individuais, além de continuar mesclando atletas experientes e jovens para o próximo Campeonato Mundial.

“Conseguimos montar duas seleções tanto para o Mundial, quanto para o Pan-Americano. Esperamos grandes resultados. Tentamos mudar algumas na montagem das seleções, da forma mais correta possível. Estamos no caminho certo para levar o esporte para o lado correto das coisas”, disse o supervisor.


Jogos Pan-Americanos

O Troféu Brasil Maria Lenk também definiu os 35 atletas que irão aos Jogos Pan-Americanos. Ao todo, serão 17 mulheres e 18 homens que representarão o Brasil na competição em Lima, no Peru.

Veja as seleções:

Campeonato Mundial

Fernando Scheffer (200m e 400m livre)

Breno Correia (200m livre e 100m livre)

Luiz Altamir Melo (200m livre)

João de Lucca (200m livre)

Marcelo Chierighini (50m e 100m livre)

Pedro Spajari (100m livre)

Gabriel Santos (100m livre)

Guilherme Guido (100m costas)

Vinicius Lanza (100m borboleta)

Caio Pumputis (200m medley e 200m peito)

Brandonn Almeida (400m medley)

Diogo Villarinho (1500m livre)

Guilherme Costa (1500m livre)

João Gomes Júnior (100m peito)

Felipe Lima (100m peito)

Leonardo Santos (200m medley)

Viviane Jungblut (800m e 1500m livre)

Etiene Medeiros (50m livre, 100m costas e 100m livre)

Bruno Fratus (50m livre)

Leonardo de Deus (200m costas)

Reserva:

André Calvelo (4x100m livre)

Treinadores:

Alberto Silva - Pinheiros

Paulo Augusto - Corinthians

Fernando Vanzella - Sesi-SP

André Ferreira - Pinheiros

Sérgio Marques - Minas Tênis Clube

Tiago Moreno - Pinheiros

Jogos Pan-Americanos

Mulheres:

Etiene Medeiros

Giovanna Diamante

Larissa Oliveira

Daynara de Paula

Viviane Jungblut

Fernanda de Goeij

Manuella Lyrio

Maria Luiza Pessanha

Aline Rodrigues

Gabrielle Roncatto

Bruna Leme

Ana Marcela Cunha

Lorrane Ferreira

Jhennifer Conceição

Pamela Souza

Maria Eduarda Sumida

Camila Lins Melo 

Homens:

Marcelo Chierighini

Bruno Fratus

Caio Pumputis

Guilherme Costa

Fernando Scheffer

Vinicius Lanza

Miguel Leite

Brandonn Almeida

Guilherme Guido

Felipe Lima

João Luiz Gomes Jr.

Diogo Villarinho

Breno Correia

Pedro Spajari

Gabriel Santos

Luiz Altamir Melo

João de Lucca

Leonardo Santos

Treinadores:

Alberto Silva - Pinheiros

Paulo Augusto - Corinthians

Fernando Vanzella - Sesi-SP

André - Pinheiros

Sérgio Marques - Minas Tênis Clube

Brett Hawke - Minas Tênis Clube


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.


Departamento de Comunicação - CBDA