CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

07/11/2019 20:15:25

Thiago Silva quebra recorde histórico de Luiz Lima no Troféu Julio de Lamare


Atleta do Fluminense estabelece a nova marca dos 800m que já durava 26 anos

Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA Thiago Silva quebra recorde histórico de Luiz Lima no Troféu Julio de Lamare
07/11/2019 20:15:25

(Rio de Janeiro, 7 de novembro de 2019) Thiago Silva fez algo histórico nesta quinta-feira (7), na piscina do Flamengo, no Rio de Janeiro. O atleta do Fluminense caiu na piscina para fazer mais do que vencer os 800m livre júnior 1 no Campeonato Brasileiro Interclubes de Natação de Verão – Troféu Julio de Lamare. Ele desbancou uma marca de 26 anos do nadador olímpico Luiz Lima e é o novo recordista de campeonato prova.

+ Veja os resultados

Para chegar ao recorde, Thiago Silva precisou de 8m16s70. Apesar do grande feito, o nadador de 17 anos afirma que já esperava pela marca, mas conta da felicidade de deixar seu nome marcado na história superar um dos maiores nadadores de fundo da história da natação brasileira. A prata foi para Caio França e o bronze para Pedro Farias, ambos do Grêmio Náutico União.

“A prova encaixou muito bem. Gostei bastante do meu desempenho e do resultado. O recorde já era meio esperado pelo que eu venho treinando e fico feliz por ter batido uma marca de alguém tão importante para as provas de fundo do Brasil”, falou.

Campeã dos 400m medley na última quarta-feira (6), Fernanda de Goeij voltou a subir no lugar mais alto do pódio. Desta vez, a atleta do Curitibano nadou os 200m medley para 2m17s91 e conquistou mais uma medalha de ouro na competição. Bruna Leme, do Corinthians, terminou com a prata (2m19s09) e Ana Carolina Vieira com o bronze (2m20s98).

Quinto colocado no Mundial Júnior de Budapeste, Bernardo Bondra confirmou seu favoritismo nos 100m borboleta. Ele nadou para 53s17 e garantiu o título da prova. A prata foi para Pedro Henrique Motta (53s80) e o bronze para João Paulo Silva (55s08).

"Fique feliz com meu tempo, pois o meu treinamento não foi planejado nesta competição. Como acabamos voltando tarde do Mundial, não daria tempo de fazer um planejamento para cá, então o tempo saiu melhor que o esperado. Esse ano tem sido importantíssimo para mim. Fico muito animado para o que pode vir para a próxima temporada", falou.

A competição se encerra nesta sexta-feira, com eliminatórias às 9h30 e finais às 17h30 (de Brasília). O torneio é uma realização da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, em parceria com a Federação Aquática do Rio de Janeiro e com o Comitê Brasileiro de Clubes.


Departamento de Comunicação - CBDA