CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Pólo Aquático

14/12/2013 00:00:00

Flu tricampeão da Liga Nacional de Polo


Rio de Janeiro/RJ- Com um aproveitamento de 100% (15 vitórias), o Fluminense é tricampeão da VI Liga Nacional de Polo (...)

Rio de Janeiro/RJ- Com um aproveitamento de 100% (15 vitórias), o Fluminense é tricampeão da VI Liga Nacional de Polo Aquático / II Super Liga Nacional Correios/Bradesco-Lei de Incentivo de Polo Aquático Masculino 2013. Neste sábado (14/12), em uma partida memorável com um grande público na piscina do Sesi (SP), o Tricolor venceu por 13 a 9 o Sesi, com parciais de 3-2, 4-3, 2-2 e 4-2. O craque Felipe Perrone, com cinco gols, desequilibrou e comandou a equipe carioca na decisão. Além dele, marcaram para os campeões: Kiko Perrone (3), Bernardo Gomes (2), Josip Vrilic (1), Ádria Delgado (1) e Bernardo Braga (1). Para o Sesi, fizeram o americano Tony Azevedo (4), Rudá Franco (2), Gabriel Salgado (1), Antonio Inserra (1) e Gustavo "Grummy" Guimarães (1). Com o título, o Fluminense iguala-se ao Pinheiros com três títulos da Liga  Nacional. Ao final, Felipe Perrone, ao lado de Marcelo Franco, do Pinheiros, terminaram como artilheiros com 49 gols, enquanto Marcelo Chagas, também do Fluminense, foi o goleiro menos vazado. A campanha do Tricolor foi irrepreensível com 15 vitórias e ótimas atuações em toda a competição. A decisão começou equilibrada. Inspirado, o americano Tony Azevedo abriu o placar com menos de um minuto. O Tricolor respondeu com Ádria e Felipe, mas Tony empatou tudo faltando 22 segundos. Então, surgiu um chute sensacional de Kiko Perrone para o Fluminense virar na frente. Já no segundo quarto, a equipe carioca abriu 4 a 2 com Kiko. O Sesi, entrentanto, não desistiu e empatou em 4 a 4 com Tony Azevedo e Gustavo Guimarães. Depois de nova igualdade (5 a 5), o Fluminense contou com dois gols de Felipe Perrone, um deles de encoberta, para abrir dois gols. No terceiro quarto, o Fluminense aproveitou a força do banco de reservas para não permitir a reação do rival e fez dois gols com Bernardo Gomes. O Sesi respondeu com dois de Rudá. Mas no último quarto o Tricolor assumiu de vez a dianteira e comprovou a força do elenco para vencer por 13 a 9. O técnico Carlos Carvalho, do Fluminense, era só elogio ao comportamento dos comandados. - Todo título é especial e diferente. Mas ganhamos com 15 vitórias e não seria justo a medalha de ouro escapar. Respeitamos o regulamento e não temos o que reclamar. Sabíamos da necessidade de fazer dois quartos fortes para tentar segurar o Sesi e tirar proveito da força do nosso banco. Esta seriedade em todos os quartos demonstramos desde o início da competição e na final não poderia ser diferente – disse Carlinhos. Pelo lado do Sesi, o técnico André Avallone saiu satisfeito com a disposição dos seus jogadores. "Atuamos no limite e fizemos um espetáculo agradável para o público que compareceu aqui. Eu vi crianças saindo com brilho nos olhos. Este é o maior trofeú. O ano do Sesi foi excelente: campeão paulista e prata na Liga Nacional, além de diversos jogadores nas nossas categorias de base”. Fluminense: Marcelo Chagas, Josip Vrilic (1), Cesar Queiroz, Ricardo Perrone (3), Felipe Perrone (5), Guilherme Gomes, Adriá Delgado (1), Bernardo Gomes (2), Bernardo Reis (1), Gabriel Reis, Léo Sottani, Roberto Marques e Lucas Braga. Sesi: Anderson Cirillo, Marcos Júnior, Felipe Duarte, Maurício Lima, Arthur Salgado Antônio Inserra (1), Pedro Borges, Tony Azevedo (4), Gabriel Salgado (1), Rudá Franco (2), Gustavo Guimarães (1), Anderson Cruz e Roberto Freitas. A Liga Nacional de Polo Aquático 2013 acontece com recursos dos Correios – patrocinador oficial dos esportes aquáticos – e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo-Piva/Governo Federal, Ministério do Esporte, Hammerhead e Sadia. Histórico da Liga Nacional de Polo Aquático Masculino 2008 - 1) Pinheiros / 2) Fluminense / 3) Flamengo. Artilheiro Beto Seabra, 51 gols, e goleiro menos vazado Marcelo Chagas, ambos do Fluminense. 2009 – 1) Pinheiros / 2) Fluminense / 3) Botafogo. Artilheiro André "Quito" Raposo, 33 gols, e goleiro menos vazado, Thyê Matos, ambos do Fluminense. 2010 – 1) Pinheiros / 2) Fluminense / 3) Paulistano. Artilheiro Gabriel Reis, 40 gols, e goleiro menos vazado, Thyê Matos, ambos do Fluminense. 2011 – 1) Fluminense / 2) Pinheiros / 3) Sesi. Artilheiro Grummy, do Sesi, 50 gols, e goleiro menos vazado, Marcelo Chagas, do Fluminense. 2012 – 1) Fluminense / 2) Pinheiros / 3) Sesi. Artilheiro Marcelo Franco, do Pinheiros, 36 gols, e goleiro menos vazado, Marcelo Chagas, do Fluminense. 2013 - 1) Fluminense / 2) Sesi / 3) Pinheiros. Artilheiros Felipe Perrone, do Fluminense, e Marcelo Franco, do Pinheiros, empatados com 49 gols, e goleiro menos vazado, Marcelo Chagas, do Fluminense. Obs: Veja aqui os resultados de toda a competição. Eduardo Vieira / Souza Santos