CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

13/10/2013 00:00:00

Medalha de prata e recorde sul-americano para Kanieski


Rio de Janeiro/RJ – A Copa do Mundo FINA em Piscina Curta terminou neste domingo, 13/10, sua terceira etapa, na (...)

Rio de Janeiro/RJ – A Copa do Mundo FINA em Piscina Curta terminou neste domingo, 13/10, sua terceira etapa, na russa Moscou. Lucas Kaniesky ficou com a medalha de prata nos 1500m livre e o tempo, 14m44s66 supera seu próprio recorde sul-americano da prova em piscina semi olímpica, 14m45s51, feito no Mundial em Piscina Curta de Dubai, em 2010. Em Moscou, a disputa foi vencida pelo australiano Myles Brow (14m43s52) o mesmo que venceu no primeiro dia (12/10) os 400m livre, prova em que Kanieski ficou com o bronze (3m44s75). Completou o pódio dos 1500m livre o húngaro Gergely Gyurta (14m46s17). Outra medalha para a natação brasileira veio no novo 4x50 livre misto. O time brasileiro conquistou prata com Felipe Martins, Gustavo Godoy, Roberta Albino e Carolina Bergamaschi. O tempo foi de 1m33s43. O quarteto vencedor foi o da Rússia, com 1m33s01, novo recorde mundial. Na véspera, a mesma Rússia também venceu o 4x50 medley misto com recorde mundial, 1m41s70. O Brasil, com o mesmo reveza do 4x50m livre misto chegou em quarto lugar, 1m46s58. Ainda no último dia, Henrique Rodrigues foi o quarto colocado dos 200m medley (1m56s54). O pódio foi formado pelo sul-africano Chad Le Clos (1m53s04), o australiano Keneth To (1m54s91) e o polonês Pawel Korzeniowski (1m56s42). Outros brasileiros que participaram da etapa também chegaram à final como Nelson Silva Júnior, sexto colocado nos 50m costas (24s39) e 200m costas (1m57s73).  O país obteve mais dois sétimos lugares com Gustavo Godoy nos 200m livre (1m47s19) e Pedro Pereira nos 100m borboleta (52s58). Os critérios de convocação para as etapas da Copa do Mundo da FINA priorizaram os atletas inseridos no Plano Pódio, finalistas do Campeonato Mundial de Barcelona e demais índices técnicos em provas olímpicas em piscina de 50 metros, durante a temporada de 2013 (Critérios completos no Boletim de Natação 265/13 deste portal). Conforme o exposto acima, na etapa de Moscou, Lucas Kanieski e outros atletas participaram com recursos próprios e Henrique Rodrigues competiu com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Hammerhead e Sadia.