CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

11/03/2014 00:00:00

Natação Brasileira encontra seu tom


Santiago do Chile – Este é o começo do terceiro mês do ano e a natação brasileira já participou de (...)

Santiago do Chile – Este é o começo do terceiro mês do ano e a natação brasileira já participou de duas competições internacionais: A primeira em janeiro - o BHP Biliton Aquatic Super Series - na Austrália - que, além da seleção da casa, contou com os times de Japão, África do Sul e China. E os Jogos Desportivos Sul-Americanos, terminados nesta segunda-feira, 10/03. O próximo desafio para os principais nadadores do país será o Troféu Maria Lenk, de 21 a 27 de abril, em São Paulo, que será seletiva para o Campeonato Pan-Pacífico, em agosto, na Austrália. Este será o evento mais forte do ano em piscina longa. O supervisor de natação da CBDA, Ricardo de Moura, afirmou que já é possível sentir como está o grupo de nadadores que em sua maioria formará a seleção para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Um compasso mais firme e amadurecido por um longo processo de seguidas ações. - Estão no caminho certo. A equipe mais nova se integrou perfeitamente e já assimilou as coisas mais importantes para participação num grande evento. A natação tem uma responsabilidade muito grande em função de tudo o que já conquistou e é uma referência forte no quadro de medalhas. A participação nos Jogos Sul-Americanos foi estratégica porque muitos pela primeira vez estavam em uma seleção adulta e em evento poliesportivo, já com medalhas e bons resultados. No feminino foi importante demais por conta da saída recente de várias nadadoras que eram referência e as meninas assumiram o papel de protagonistas que agora é delas. Todos mostraram seriedade, uma maturidade grande e um sentimento de grupo, coisas fundamentais para o sucesso – explicou. MEDALHAS DA NATAÇÃO BRASILEIRA OURO Leonardo de Deus – 200m costas – 2m00s28 Leonardo de Deus – 200m borboleta – 1m57s84 Daynara de Paula – 100m borboleta – 59s35 Felipe Lima – 100m peito – 1m01s63 Henrique Barbosa – 200m peito – 2m15s42 Matheus Santana – 100m livre – 49s13 Larissa Oliveira – 100m livre – 55s70 Graciele Herrmann – 50m livre – 25s26 Bruno Fratus – 50m livre – 22s40 Pamela Alencar - 200m peito - 2m31s02 Thiago Pereira - 200m medley - 2m00s09 Thiago Pereira – 400m medley – 4m23s15 4x100m livre F -  Daynara de Paula, Larissa Oliveira, Alessandra Marchioro, Graciele Herramann- 3m44s19 4x100m livre M – Nicolas Oliveira, Matheus Santana, Fernando Ernesto e Fernando Silva – 3m19s44 4x200m livre F - Larissa Oliveira, Jessica Cavalheiro, Carolina Bilich e Manuella Lyrio - 8m18s34 4x200m livre M - Nicolas Oliveira, Thiago Pereira, Fernando Silva e Fernando Santos- 7m25s35 4x100m medley M - Fernando Santos, Felipe Lima , Nicholas Santos e Matheus Santana- 3m37s95 4x100 medley F – Etiene Medeiros, Beatriz Travalon, Daynara de Paula e Larissa Oliveira – 3m19s44 PRATA Nicolas Oliveira – 200m livre – 1m49s72 Graciele Herrmann – 100m livre – 56s36 Alessandra Marchioro – 50m livre – 25s43 Thiago Simon – 200m medley - 2m02s80 Etiene Medeiros – 100m costas – 1m02s85 Tales Cerdeira – 200m peito – 2m16s58 BRONZE Etiene Medeiros – 100m borboleta - 1m00s88 Marcos Ferrari - 800m livre - 8m09s93 Marcos Ferrari - 400m livre - 3m59s89 Manuella Lyrio - 400m livre - 4m20s86 Julia Gerotto- 200m medley -2m21s28 Julia Gerotto – 400m medley – 4m55s36 Natalia de Luccas – 100m costas – 1m02s92 Natalia de Luccas-  200m costas - 2m17s96 Fernando Santos – 100m costas – 55s27 Juliana Marin – 200m peito - 2m36s32 Fernando Silva - 100m borboleta - 53s88 Jessica Cavalheiro – 200m livre - 2m01s27 Thiago Simon – 400m medley – 4m27s86