CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

04/09/2014 00:00:00

Miguel Valente faz melhor tempo do mundo no ano e Etiene bateu seu quarto recorde sul-americano.


Guaratinguetá/SP – O final da quarta etapa do Campeonato Brasileiro – Troféu José Finkel, na noite desta quinta-feira, 4/09, mostrou (...)

Guaratinguetá/SP – O final da quarta etapa do Campeonato Brasileiro – Troféu José Finkel, na noite desta quinta-feira, 4/09, mostrou outros grandes resultados para a natação brasileira. Miguel Valente, do Minas Tênis/BH, fez o melhor tempo do mundo em 2014 nos 800m livre masculino (7m44s84), que também foi recorde da competição, e Etiene Medeiros encerrou sua participação no Troféu com sua quarta marca continental.  Etiene nadou em 26s41 e derrubou o próprio recorde dos 50m costas das eliminatórias, 26s58. Além das quatro marcas sul-americanas (Duas vezes nos 50m costas, 100m costas e 50m livre), ela sai do evento com índices para o Mundial em Piscina Curta de Doha, em dezembro, em quatro provas individuais (além das citadas, nos 100m borboleta).

- Férias! – brincou Etiene – Foi uma competição que superou minhas expectativas. Ainda nem pensei no que vou fazer no Mundial. Acho que é preciso calma pra ver o que é melhor pra mim e para o time do Brasil. Vou pra Recife descansar um pouco pra depois decidir isso tudo e partir com tudo pros treinos. Perguntaram se eu queria ser chamada de ‘Mulher Maravilha’ ou ‘Rainha do Finkel’ por conta dos recordes. Quero continuar a ser chamada de Etiene Medeiros. O atleta tem as fases boas e más e é preciso ter cabeça pra passar por todas elas – disse. O tempo de Etiene é agora o segundo do mundo na prova este ano. Na frente dela está a húngara Katinka Hosszu (26s10). Fernando Vanzella, o técnico de Etiene, do Sesi/SP e o coordenador da natação feminina da CBDA, também está analisando todas as possibilidades. - Foi um desempenho que realmente não esperávamos que fosse tão intenso. Entreguei a ela a programação do Mundial da FINA e disse a ela pra descansar um pouco e pensar. Em Doha não podemos esquecer que ela estará também em alguns revezamentos e aí vou sentar com o Ricardo (Ricardo de Moura, gerente geral da natação brasileira) e o Albertinho (Alberto Silva, coordenador da natação masculina) e vamos ver como equacionar o melhor resultado possível para o país – disse. O tempo de Miguel Valente, do Minas Tênis/BH, é agora o melhor tempo do ano dos 800m livre masculino em piscina curta. O tempo que consta na lista da Federação Internacional de Natação – FINA é o do japonês Yohei Takiguchi (7m49s55). A prova não consta do programa do Mundial em Piscina Curta e por isso não tem índice a ser superado. - Eu estou muito feliz! Quase não acredito que consegui o melhor tempo do ano, mas só eu e meu treinador sabemos o quanto treinamos para alcançar essa marca. Eu não comecei bem a competição e nós tivemos que nos superar muito para manter o foco nos 800 (metros livres) – comentou Miguel Valente Felipe França Silva, do Corinthians, venceu os 100m peito em 56s34, tempo um pouco mais alto que o recorde sul-americano feito nas eliminatórias (56s25), mas que o mantém como o primeiro do ranking mundial do ano. Felipe Lima se confirmou como o segundo para o Mundial de Doha (58s04), embora João Gomes Júnior tenha feito também o índice (58s36). - Foi tudo perfeito. Fazer duas vezes tempos na casa dos 56 segundos baixo já é uma preparação visando passar pelas fases de eliminatórias, semifinais e finais. Estou muito tranquilo e muito feliz – disse França. Leonardo de Deus, do Corinthians/SP, fez 1m53s12 nos 200m borboleta, ganhou o ouro e quase igualou o tempo feito nas eliminatórias (1m53s11). Ele está confirmado como o primeiro tempo da prova para o Mundial em Piscina Curta. A segunda vaga ficou com Lucas Salatta (1m53s75), da Unisanta/SP. Ele volta a integrar a seleção brasileira após quase quatro anos afastado. Em 2010 Lucas passou por uma cirurgia no ombro e desde então ficou fora das grandes competições internacionais. - Desde o começo do ano meu objetivo era voltar para a seleção. Agora que consegui estou muito feliz e quero continuar evoluindo para poder integrar o time nos Jogos Olímpicos de 2016, que é o meu objetivo principal – disse Lucas. Na prova feminina de 200m borboleta, Giovanna Diamante, também do Sesi/SP, venceu com 2m11s11. Este é o primeiro título absoluto de Giovanna, de 17 anos, que ganhou a medalha de prata no revezamento 4x100m livre dos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquim. O Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu José Finkel 2014 conta com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá Finais 4ª etapa 200m Borboleta Masc – 1) Leonardo de Deus – Corinthians – 1m53s12 / 2) Lucas Salatta – Unisanta – 1m53s75 / 3) Frederico Castro – Botafogo – 1m56s06 200m Borboleta Fem – 1) Giovanna Diamante – Sesi/SP – 2m11s11 / 2) Manuella Lyrio – Minas Tênis – 2m11s59 / 3) Yana Medeiros – Corinthians – 2m12s46 100m Peito Masc – 1) Felipe França Silva – Corinthians – 56s34 / 2) Felipe Lima – Minas Tênis – 58s04 / 3) João Gomes Junior – Pinheiros – 58s36 100m Peito Fem – 1) Moniek Nijhuis – Minas Tênis – 1m04s91 – Recorde de Campeonato / 2) Ana Carla Carvalho – Pinheiros – 1m07s14 / 3) Julia Sebastian – Unisanta – 1m07s24 50m Costas Masc – 1) Guilherme Guido – Pinheiros – 23s46 / 2) Fabio Santi – Pinheiros 24s03 / 3) Daniel Orzechowski – Pinheiros – 24s05 50m Costas Fem – 1) Etiene Medeiros – Sesi/SP – 26s41 – Recorde Sul-americano, Brasileiro e Campeonato / 2) Natália de Luccas – Corinthians – 27s97 / 3) Andrea Berrino – Unisanta – 28s22 800m Livre Masc – 1) Miguel Valente - Minas Tênis - 7m44s84 - Recorde de Campeonato / 2) Brandonn Almeida – Corinthians - 7m49s94 / 3) Lucas Kanieski – Minas Tênis – 7m51s40 Índices para Mundial de Doha 2014 – Até a noite de 4/09. 100m Medley – Thiago Pereira (52s45) 100m Medley – Thiago Simon (53s07) 200m Livre – João de Lucca (1m43s19) 200m Livre – Nicolas Oliveira (1m43s74) 100m Costas – Etiene Medeiros (57s53) 100m Costas – Guilherme Guido (50s49) 100m borboleta – Etiene Medeiros (57s40) *100m borboleta – Daynara de Paula (57s64) e Daiene Dias (57s64) 100m borboleta – Marcos Macêdo (50s06) 100m borboleta – Nicholas Santos (50s60) 200m Peito – Thiago Simon (2m04s28) 200m Peito – Felipe França Silva (2m04s50) 50m Livre – Etiene Medeiros (24s15) 50m Livre – Larissa Oliveira (24s41) 50m Livre – Cesar Cielo (20s68) 50m Livre – Bruno Fratus (21s40) 400m Medley – Thiago Simon (4m06s38) 200m Borboleta – Leonardo de Deus (1m53s11) 200m Borboleta – Lucas Salatta (1m53s75) 100m Peito – Felipe França (56s25) 100m Peito – Felipe Lima (57s99) 50m Costas – Etiene Medeiros (26s41) Rev. 4x200m Livre Fem – 7m48s90 – Larissa Oliveira, Jessica Cavalheiro, Manuella Lyrio e Giovanna Diamante Rev. 4x200m Livre Masc – 6m58s55 – João de Lucca, Nicolas Oliveira, Gustavo Godoy e Fernando Ernesto