CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

04/09/2014 00:00:00

Felipe França e Etiene batem recordes sul-americanos. Felipe faz melhor tempo do mundo este ano


Guaratinguetá/SP – O início da quarta etapa do Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu José Finkel, na manhã desta quinta-feira, 4/09, (...)

Guaratinguetá/SP – O início da quarta etapa do Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu José Finkel, na manhã desta quinta-feira, 4/09, teve Felipe França Silva, do Corinthians/SP, com recordes de duas provas em apenas uma. Com 56s25 nos 100m peito ele superou a própria marca sul-americana, 56s49, feita em novembro de 2009. Na virada da mesma prova ele também conseguiu bater o próprio recorde de campeonato dos 50m peito, com 26s21. O tempo antigo também era dele (26s27). O tempo dos 100m é o melhor do ranking mundial de 2014. Etiene Medeiros, do Sesi/SP, voando baixo, caiu na água para conquistar seu terceiro recorde sul-americano. Desta vez ela fez 26s58 nos 50m costas deixando para trás o tempo de 2009, de Fabíola Molina (26s81). A competição é seletiva para o Mundial em Piscina Curta de Doha, no Catar, em dezembro. Antes de Felipe, o topo da lista do mundo era do húngaro Daniel Gyurta (57s04), feito na recente etapa da Copa do Mundo, também no Catar. Ainda nos 100m peito, Felipe Lima, também conquistou tempo para o Mundial (57s99). O tempo do índice era 58s36. - Não esperava fazer esse tempo logo agora de manhã. Forcei a passagem (virada) e creio que de tarde pode ser melhor. Eu vou por etapas e depois das Olimpíadas de Londres sofri bastante. Passei por reflexões sobre o que podia melhorar, o que deu certo, o que deu errado e amadureci bastante. Essa foi a primeira etapa. A segunda foi perseverar para não desistir. Deus sabe de todas coisas e graças a Ele eu consegui perseverar. Fui para o Corinthians e ali encontrei não um clube, mas um lar. Nunca fui desmerecido por ter recuado nos meus resultados, ao contrário, fui abraçado por todos e cuidado por eles. E o resultado conseguido na água, no meu caráter e na satisfação pessoal eu agradeço ao clube, aos meus pais e a minha esposa também – revelou Felipe. Assim como nos 50m livre, o tempo de Etiene equivale ao quarto do mundo este ano. Ela foi vice-campeão Mundial Júnior nesta prova, que não é olímpica, mas foi o seu início no grupo de elite mundial. - Nadei bem. Eu estava pensando neste recorde. Estou tentando melhorar sempre que caio na água nesta competição e, se estou conseguindo, porque não tentar o melhor resultado logo de manhã? Estou bem feliz e aproveitando demais a boa fase – disse Etiene. Leonardo de Deus também entrou em ação e já caiu na piscina para conquistar o índice para o Mundial nos 200m borboleta. Ele encerrou as eliminatórias com 1m53s11 e a marca a ser atingida era 1m53s91. O Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu José Finkel 2014 conta com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá Eliminatórias 4ª etapa – Melhores tempos 200m Borboleta Masc – Leonardo de Deus – Corinthians – 1m53s11 200m Borboleta Fem – Daiene Dias – Botafogo - 2m10s92 100m Peito Masc – Felipe França Silva – Corinthians – 56s25 – Recorde Sul-americano, Brasileiro e Campeonato 100m Peito Fem – Moniek Nijhuis – Minas Tênis – 1m06s03 50m Costas Masc – Guilherme Guido – Pinheiros – 23s69 50m Costas Fem – Etiene Medeiros – Sesi/SP – 26s58 – Recorde Sul-americano, Brasileiro e Campeonato 800m Livre Masc – Séries Fracas – Melhor tempo: Brandonn Almeida – Corinthians – 7m49s94 Índices para Mundial de Doha 2014 – Até a manhã de 4/09. 100m Medley – Thiago Pereira (52s45) 100m Medley – Thiago Simon (53s07) 200m Livre – João de Lucca (1m43s19) 200m Livre – Nicolas Oliveira (1m43s74) 100m Costas – Etiene Medeiros (57s53) 100m Costas – Guilherme Guido (50s49) 100m borboleta – Etiene Medeiros (57s40) *100m borboleta – Daynara de Paula (57s64) e Daiene Dias (57s64) 100m borboleta – Marcos Macêdo (50s06) 100m borboleta – Nicholas Santos (50s60) 200m Peito – Thiago Simon (2m04s28) 200m Peito – Felipe França Silva (2m04s50) 50m Livre – Etiene Medeiros (24s15) 50m Livre – Larissa Oliveira (24s41) 50m Livre – Cesar Cielo (20s68) 50m Livre – Bruno Fratus (21s40) 400m Medley – Thiago Simon (4m06s38) 200m Borboleta – Leonardo de Deus (1m53s11) 100m Peito – Felipe França (56s25) 100m Peito – Felipe Lima (57s99) 50m Costas – Etiene Medeiros (26s58) Rev. 4x200m Livre Fem – 7m48s90 – Larissa Oliveira, Jessica Cavalheiro, Manuella Lyrio e Giovanna Diamante Rev. 4x200m Livre Masc – 6m58s55 – João de Lucca, Nicolas Oliveira, Gustavo Godoy e Fernando Ernesto