CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

07/11/2012 00:00:00

Guido bate recorde sul-americano e Delaroli adia a aposentadoria


Guaratinguetá/SP – As finais da primeira etapa do Torneio Open de Natação vieram carregadas de emoção. Guilherme Guido, do Pinheiros, bateu (...)

Guaratinguetá/SP – As finais da primeira etapa do Torneio Open de Natação vieram carregadas de emoção. Guilherme Guido, do Pinheiros, bateu seu próprio recorde brasileiro e sul-americano dos 50m costas e melhorou ainda mais o índice da prova para o Mundial de Istambul, com 23s18. O recorde continental anterior era de 23s31, do Finkel deste ano, em agosto. De quebra, o segundo colocado, Daniel Orzechowski, também do Pinheiros, confirmou seu índice (23s74), abaixando de 23s69, do Finkel, para 23s36. - Vim com 80% pra cá, pois ainda nem estou raspado e pretendo melhorar mais no Mundial. Me dou bem aqui em Guará, adoro esta piscina e a considero uma das melhores. Se fosse coberta, então, seria a melhor de todas - disse Guido. Na prova seguinte, os 100m livre feminino, mais uma do Pinheiros. Flavia Delaroli, que vai parar de nadar este ano, adiou a aposentadoria para a Turquia. Com 54s44, a mineira de Ipatinga conquistou a prata do Open e pegou a quarta vaga do revezamento 4x100m livre para o Mundial de Istambul, formado também por Alessandra Marchioro (53s95, tempo do Brasileiro Junior Interfederativo, em julho), Larissa Oliveira (53s97) e Graciele Hermann (54s24), estas com tempo do Finkel. A vitória em Guaratinguetá foi da curitibana Alessandra, com 54s35. Quem saiu do time no “apagar das luzes” foi Tatiana Lemos, que tinha 54s51, também do Finkel. - De 2012 não passa, vou parar. Mas não será mais aqui em Guará. Mas é meu último Brasileiro. Estava confiante que conseguiria fazer um tempo bom, mas errei nas viradas e fiquei na dúvida. Mas como consegui emparelhar com a Alessandra, que nadou muito, restava uma esperança, mas eu nunca entendi os 100m metros, não seria agora que iria entender. Nunca sei se fui bem ou não. Mas deu e vamos a mais um Mundial. E ainda vou tentar nos 50m, amanhã (qui) - comentou Delaroli, bem risonha por conseguir vaga em mais uma competição internacional. O Pinheiros lidera o Open 2012 com 373 pontos, seguido por Flamengo, 268; Corinthians, 194; Minas Tênis, 189. e Unisanta, 115 pontos. Nos 50m costas feminino, Etiene Medeiros, do Flamengo, será a representante brasileira com o tempo conquistado no Finkel, 26s94. Hoje (qua) no Open, Fabíola Molina foi a melhor com 27s36, invertendo o resultado da manhã em que ficou com a prata para Etiene, agora segunda colocada com 27s44. Nos 100m livre masculino, além do revezamento, o único a fazer o índice individual (46s99) foi Cesar Cielo (45s91). Mas como Cielo passou por uma intervenção cirúrgica nos dois joelhos há cerca de cinco semanas e só volta a competir em 2013, o reveza brasileiro seria completado por Nicholas Santos (47s32), Nicolas Nilo Oliveira (47s36), João de Lucca (47s72) e Fernando Ernesto dos Santos (47s82), todos com tempo do Finkel. Nos 200m medley masculino, os nomes são Thiago Pereira (1m52s30) e Henrique Rodrigues (1m54s82), marcas também do Brasileiro Absoluto e abaixo do índice de 1m55s41. Thiago não participou da prova no Open, após a vitória da manhã no Troféu Daltely por ter sentido dores na coxa direita. Há dois dias, ele sofreu uma lesão grau um, que não o impediu de competir aqui em Guaratinguetá, mas até para poder ir até o final da competição, optou-se por poupa-lo de mais esforço. Mas o vencedor do Open foi outro Thiago, o Simon, atleta do Corinthians, que também fez índice, 1m55s13 e fica como opção para a dupla. Seu tempo foi recorde de campeonato, superando o tempo do “xará” Thiago Pereira pela manhã, 1m55s52. Nas outras provas, ninguém conseguiu o índice exigido. Nos 200m peito feminino, a jovem Beatriz Travalon, do Pinheiros, bateu o recorde de campeonato com 2m29s24, que pertencia a Veruska Clednev, do Serc São Caetano, desde 2005: 2m30s19. Mas ainda assim, a marca para o Mundial de Istambul não foi atingida: 2m22s96. Na versão masculina, Henrique Barbosa, a exemplo da manhã no Troféu Daltely Guimarães, voltou a ser o melhor, melhorou o tempo, agora com 2m06s68, superando seu próprio recorde de campeonato, mas ainda a 32 centésimos do índice. De manhã, Henrique marcou 2m07s39. Nos 200m medley feminino, vitória de Julyana Kury Matheus, 2m16s26. O índice era de 2m10s09. Nas provas longas, Poliana Okimoto, do Pinheiros, venceu os 800m livre feminino, com 8m38s33, melhorando seu recorde de 2010, 8m39s79. O índice necessário era de 8m16s73. Já nos 1500m livre masculino (índice de 14m49s40), Lucas Kanieski chegou perto. Com 14m49s68, o nadador do Minas Tênis ficou a 28 centésimos do índice, mas bateu seu próprio recorde de campeonato de 2010: 14m53s52. O Campeonato Brasileiro Senior de Natação / Troféu Daltely Guimarães e o Torneio Open de Natação 2012 contam com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo e Sadia. Vencedores  1ª etapa do Open – 7/11/2012 50m costas F = Fabíola Molina – Minas Tênis – 27s36 50m costas M = Guilherme Guido – Pinheiros – 23s18 (RS, RB, RC) 100m livre F = Alessandra Marchioro – Fluminense – 54s35 100m livre M = Guilherme Roth dos Santos – Santa Catarina Natação – 48s16 200m peito F = Beatriz Travalon – Pinheiros – 2m29s24 (RC) 200m peito M = Henrique Barbosa – Flamengo – 2m06s68 (RC) 200m medley F = Julyana Kury Matheus – Corinthians – 2m16s26 200m medley M = Thiago Simon – Corinthians - 1m55s13 (RC) 800m livre F = Poliana Okimoto – Corinthians – 8m38s33 (RC) 1500m livre M = Lucas Kanieski - Minas Tênis - 14m49s68 (RC) RC – Recorde de campeonato / RS – Recorde Sul-Americano / RB – Recorde brasileiro Programação: 2ª etapa = 5ª feira – 8/11 9h = Solenidade inaugural das duas competições 9h30 (Troféu Daltely Guimarães) = 50m peito F e M / 50m livre F e M / 200m costas F e M / 100m borboleta F e M 17h30 (Torneio Open) = 50m peito F e M / 50m livre F e M / 200m costas F e M / 100m borboleta F e M 3ª etapa = 6ª feira – 9/11 9h30 (Troféu Daltely Guimarães) = 50m borboleta F e M / 400m medley F e M / 200m livre F e M / 100m peito F e M 17h30 (Torneio Open) = 50m borboleta F e M / 400m medley F e M / 200m livre F e M / 100m peito F e M / 4x100m livre F e M (válidas pelo Troféu Daltely) 4ª etapa = sábado – 10/11 8h30 (Troféu Daltely Guimarães) = 100m medley F e M / 400m livre F e M / 100m costas F e M / 200m borboleta F e M / 4x100m medley F e M 16h (Torneio Open) = 100m medley F e M / 400m livre F e M / 100m costas F e M / 200m borboleta F e M Atenção: O Torneio Open de Natação não tem provas de revezamento. Os revezamentos, todos válidos pelo Troféu Daltely Guimarães serão disputados na parte da tarde, após as provas do Open, com exceção do último dia – sábado, 10/11 – quando os revezamentos acontecerão de manhã para a definição do Brasileiro Senior.