CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

25/03/2011 00:00:00

Brasil quebra três recordes e iguala outro


Lima/Peru – Natalia Luccas, Vítor Santos e Larissa Oliveira foram os destaques do segundo dia de finais do Sul-Americano Juvenil (...)

Lima/Peru – Natalia Luccas, Vítor Santos e Larissa Oliveira foram os destaques do segundo dia de finais do Sul-Americano Juvenil de Lima/Peru. Todos os três venceram suas provas com recorde de campeonato: Natalia nos 100m borboleta (1m03s44), Vítor nos 200m costas (2m09s05), ambos pelo juvenil A, e Larissa nos 100m livre juvenil B (57s17). Os dois tiveram a companhia de compatriotas no pódio, Nathalia Almeida e Lucas Santos, que conquistaram bronze. Outros dois recordes foram superados por Peru e Venezuela. E o reveza feminino brasileiro igualou um recorde de 2009.            Natalia faturou sua segunda medalha dourada, desta vez nos 100m borboleta juvenil A, quebrando um recorde de campeonato que atingiria a maioridade amanhã (dia 25/3) ao fazer 18 anos. Foi no Sul-Americano de Goiânia/GO, em 1993. Na véspera, ela vencera os 50 metros livre.

- Sempre achei que sou melhor no estilo livre, mas agora com esta vitória e recorde, nem sei. Eu quero é disputar muitas provas e vencer o que aparecer. E consegui superar a menina que me derrotou no Chico Piscina, onde fui ouro nos 50m e 100m livre, mas fui bronze no borboleta, que ela venceu. Agora me vinguei – brincou Natalia, 14 anos, nadadora do Gran São João, que derrubou um recorde da argentina Maria Del Pilar Pereira, 1m04s25.

Na prova seguinte, outro recorde de campeonato, com Vítor Santos nos 200m costas juvenil A, com 2m09s05. A marca anterior era da edição anterior, em Mar Del Plata/2009 – 2m10s03 – do brasileiro Víctor Borduchi. Já Larissa bateu a marca anterior por dois centésimos, que pertencia à brasileira Flavia Borges, também há dois anos, com 57s19.

Outros dois nadadores se destacaram com recordes na segunda noite de competição. Um foi o peruano Gerardo Huidobro, que já batera na véspera o primeiro recorde de campeonato nos 200m peito juvenil A, que era de Henrique Barbosa. Agora ele repetiu a dose nos 200m medley, com 2m11s11. Ele quebrou a marca do colombiano Omar Pinzón, em 2003, na capital paraibana João Pessoa: 2m13s56. O outro foi o venezuelano Carlos Claverie, que também superou um recorde do brasileiro Henrique Barbosa, do mesmo ano de 1999, no Sul-Americano de Vitória. Claverie marcou 1m06s30 e o tempo de Henrique era de 1m06s36. Nesta prova, o peruano Huidobro terminou em segundo.

Na primeira prova da segunda etapa, o brasileiro Giuliano Rocco venceu os 400m medley juv. B, com autoridade. Somente no primeiro estilo, o costas, ele não liderou a prova, ficando em terceiro. Outras vitórias vieram com o velocista Giovane Paula nos 50m livre juvenil B e com Larissa Simões nos 200m peito juvenil A.  Duas dobradinhas alegraram ainda mais a noite da natação brasileira. Nos 400m livre juvenil A, Bruna Primati, primeira campeão do Sul-Americano 2011 com o ouro nos 400m medley, venceu mais uma, seguida da companheira Nicole Ribas. E nos 200m livre juvenil B, João Amorim, bronze nos 1500m, conseguiu sua vitória, seguido por Edu Guimarães.

Nos revezamentos, o quarteto feminino do 4x100m livre juvenil A fez 3m58s66, mesmo tempo da Argentina, na edição de Mar Del Plata/2009.

Pontuação = Após as finais da segunda etapa na noite desta 5ª feira (24/3), o Brasil lidera a competição geral com 373,5 pontos, seguido por Venezuela, 217,5; Argentina, 192; e Peru, 157.

Resultados das finais da 2ª etapa (24/03/2011) 400m medley M juv. B = 1)  Giuliano Rocco – Brasil – 4m28s65 / 2) Juan Sequera – Venezuela – 4m31s50 /  3) Miguel Peñaloza – Colômbia – 4m37s28

100m borboleta F juv. A = 1) Natalia Luccas -  Brasil – 1m03s44 (recorde de campeonato) / 2) Oriele Alejandra Espinoza – Peru - 1m03s58 /  3) Nathalia Almeida – Brasil – 1m05s44  

200m costas M juv. A = 1) Vítor Santos – Brasil – 2m09s05 (recorde de campeonato) / 2) Matias Eduardo Lopez – Paraguai – 2m11s53 / 3) Lucas Santos – Brasil  – 2m11s70

800m livre F juv. B = 1) Samantha Arevalo – Equador – 8m57s70  /  2) Daniela Miyahara – Peru – 8m59s88  / 3) Carolina Bilich Queiroz – Brasil – 9m06s17 / 6) Helena Amorim – Brasil – 9m13s13 

50m livre M juv. B = 1) Giovane Paula – Brasil - 23s74  /  2) Glen Sochackyj – Venezuela – 23s94  /  3) Enzo Martinez – Uruguai – 24s01 / 4) André Pereira – Brasil – 24s18

200m peito F juv. A = 1) Larissa Simões – Brasil – 2m45s00 /  2) Carolina di Lorenzi – Uruguai – 2m45s84 /  3) Rafaeli Coutinho – Brasil  - 2m47s59

200m medley M juv. A = 1) Gerardo Huidobro – Peru – 2m11s11 (recorde de campeonato)  /  2) Vítor Santos – Brasil – 2m12s84 / 3) Carlos Claverie – Venezuela – 2m16s14  / 5) Rodrigo Berti – Brasil – 2m17s64

100m livre F juv. B =  1) Larissa Oliveira – Brasil – 57s17 (recorde de campeonato)  / 2) Erika Torrellas – Venezuela – 57s89  /  3) Alessandra Marchioro – Brasil – 58s02

100m costas M juv. B = 1) Carlos Betancourt – Venezuela – 58s50  /  2) Davi Echeverry – Colômbia – 59s22  /  3) Valentin Vargas – Argentina – 59s51 / 4)  Fernando Kuteken – Brasil – 59s59  / 5) Kaio Souza – Brasil – 1m00s60

400m livre F juv. A = 1) Bruna Primati – Brasil -  4m28s74 / 2) Nicole Ribas – Brasil – 4m33s57 / 3)  Erika Rocio Naranjo – Peru – 4m34s76

100m peito M juv. A = 1) Carlos Claverie – Venezuela – 1m06s30 (recorde de campeonato) /  2) Gerardo Huidobro – Peru – 1m06s62  /  3) Jordy Groters – Aruba – 1m08s08 e Felipe Monni – Brasil – 1m08s70 (como Aruba é país convidado, o brasileiro, que chegou em 4º também fica com o bronze)  / 5) Tiago Bissochi  - Brasil -  1m10s17

200m borboleta F juv. B = 1) Camila Zattar – Brasil – 2m22s44  /  2) Martina Navarro - Chile – 2m23s20 / 3) Angeles Pitruzzella – Argentina - 2m23s60  / 4) Carolina Bilich Queiroz – Brasil -  2m24s95

200m livre M juv. B = 1) João Amorim – Brasil – 1m54s08 /  2)  Eduardo Guimarães – Brasil – 1m55s52 / 3) Miguel Peñaloza – Colômbia – 1m56s69

4x100m livre F juv. A = 1) Brasil (Natalia Luccas, Bianca Ávella, Kauane Kasinski e Nathalia Almeida) – 3m58s66 (igualou o recorde de campeonato) / 2) Venezuela – 4m06s33 /  3) Peru – 4m06s62

4x100m medley M juv. B = 1) Venezuela – 3m56s06  /  2) Brasil (Fernando Kuteken, Paulo de Paula, Lauro Cabral Filho e Diego Matos) – 3m56s15 / 3) Peru – 3m57s33  Programa de provas (horário de Brasília): 3ª etapa – 25/3 – 6ª feira (eliminatórias – 11h / finais – 20h) Juvenil A Fem = 200m costas (Bruna Primati e Ana Carolina Lucietto) / 200m medley (Nathalia Almeida e Paula Bandeira) / 100m peito (Rafaeli Coutinho e Larissa Simões) 

Juvenil B Fem = 400m medley (Nicole Ladeira e Camila Zattar) / 50m livre (Alessandra Marchioro e Carolina Bergamaschi) / 100m costas (Isabela Silva e Laura Garcia) / 200m livre (Larissa Oliveira e Carolina Bilich) / 4x100m livre (Alessandra Marchioro, Isabela Silva, Larissa Oliveira e Carolina Bergamaschi)

Juvenil A Masc = 1500m livre (Brandonn Almeida e Leonardo Santos) / 100m livre (Luiz Melo e Diego Stelzer) / 200m borboleta (Luiz Melo e Filipe Giani) / 4x100m medley

Juvenil B Masc = 100m borboleta (Lauro Cabral Filho e Fernando Kuteken) / 200m peito (Mateus Louro Neto e Paulo de Paula) / 400m livre (Giuliano Rocco e Bernardo Figueiredo)

Atenciosamente,