CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Pólo Aquático

07/07/2017 14:10:27

Brasil vence Canadá e enfrenta os EUA na decisão feminina


Pan Juvenil de Lima 2017

Rio de Janeiro/RJ - O polo aquático feminino do Brasil está na decisão do Pan-Americano Juvenil de Lima. Nesta 6ª feira, 7/07, as brasileiras derrotaram o Canadá por 10 a 9 em partida bem equilibrada. As parciais demonstram a dificuldade do jogo: CAN 3-4 BRA, 2-3, 2-1, 2-2. O adversário na final, marcada para as 14h, de Brasília, será a forte equipe dos Estados Unidos, que golearam a Argentina na outra semifinal, por 22 a 9. 

Os gols brasileiros na vitória sobre o Canadá foram de Letícia Belório (4), Kemily Leão (2), Ana Júlia Amaral (2), Ana Júlia Batista e Ana Alice Amaral. A principal goleadora canadense foi Ava Morrant, com três gols. 

O time masculino entra em ação às 18h30 contra a Colômbia, a partir das 17h, de Brasília. 

A competição feminina tem sete equipes, com todas jogando contra todas, antes da disputa das semifinais: Brasil, Argentina, EUA, Canadá, Peru, Trinidad & Tobago e Porto Rico. No masculino, as seleções foram divididas em duas chaves: A = Colômbia, Trinidad & Tobago, Chile, EUA e Argentina. B = Brasil, Peru, Canadá e Porto Rico.

Brasil

Masculino = 1 - Luan Barbieri / 2 - Lucas Farias / 3 - Thomas Borges / 4 - João Matos / 5 - Nicolas Fischman / 6 - Pedro Mazzini / 7 - Ítalo Vizacre / 8 - Luca Gozio / 9 - Matheus Stellet / 10 -  Thiago Ferreira / 11 - Luca Sasso / 12 - Bruno Chiappini / 13 - Pedro Padovani. Técnico: Áttila Sudár / Auxiliar-técnico: Vinícius Marques 

Feminino = 1 - Isabela Souza / 2 - Julia Lopes / 3 - Ana Beatriz Dias / 4 - Kamila Ramos / 5 - Ana Julia Amaral / 6 - Victoria Warren / 7 - Kemily Leão / 8 - Ana Júlia Batista / 9 - Letícia Belório / 10 - Ana Alice Amaral / 11 - Isabele Santos / 12 - Nicole Catapani / 13 - Giulia Godoy. Técnico: Emerson Batista / Auxiliar-técnico: Bárbara Amaro 

Completam a comissão técnica: médica: Daniela Seda; árbitro: Fabrício Rasi; coordenador de seleções: Paulo Rogério Rocha

Próximos jogos dos brasileiros - hora de Brasília
Feminino = Dia 8/07 Brasil x EUA - FINAL - 14h
Masculino = Dia 7/07 Brasil x Colômbia - Semifinal - 18h30

Resultados

Dia 1/07 =  Brasil 18 x 5 Argentina (feminino) / Porto Rico 3 x 27 Estados Unidos (feminino) / Trinidad & Tobago 3 x 5 Peru (feminino) / Colômbia 16 x 4 Trinidad & Tobago (masculino) / Chile 0 x 20 Estados Unidos (masculino) / Porto Rico 9 x 21 Canada (masculino) / Brasil 17 x 3 Peru (masculino)

Dia 2/07 = Estados Unidos 11 x 3 Brasil (feminino) / Argentina 14 x 6 Trinidad & Tobago (feminino) / Peru 1 x 20 Canada (feminino) / Estados Unidos 12 x 9 Colômbia (masculino) / Argentina 24 x 3 Chile (masculino)

Dia 3/07 = Brasil 8 x 8 Canadá (feminino) / Estados Unidos 17 x 5 Argentina (feminino) / Porto Rico 10 x 4 Peru (feminino) / Trinidad & Tobago 4 x 22 Estados Unidos (masculino) / Colômbia 9 x 8 Argentina (masculino) / Brasil 9 x 8 Canada (masculino) / Porto Rico 6 x 7 Peru (masculino)

Dia 4/07 = Argentina 14 x 9 Porto Rico (feminino) / Canadá 26 x 6 Trinidad (feminino) / Peru 2 x 17 Brasil (feminino) / Argentina 10 x 6 Trinidad (masculino) / Chile 1 x 25 Colômbia (masculino) / Porto Rico 7 x 4 Trinidad (feminino) / EUA 11 x 6 Canadá (feminino) / Argentina 8 x 4 Peru (feminino)

Dia 5/07 = Canadá 22 x 0 Porto Rico (feminino) / Trinidad 4 x 29 Brasil (feminino) / Peru 1 x 11 EUA (feminino) / Trinidad 16 x 5 Chile (masculino) / Argentina 3 x 10 EUA (masculino) / Porto Rico 5 x 16  Brasil (masculino) / Canadá 10 x 7 Peru (masculino) 

Dia 6/07 = Canadá 15 x 9 Argentina (feminino) / Trinidad 2 x 16 EUA (feminino) / Brasil 17 x 5 Porto Rico (feminino) / Chile 0 x 13 Porto Rico (masculino) / Quartas-de-final (masculina): Argentina 8 x 9 Canadá e Colômbia 11 x 3 Peru

Dia 7/07 = Peru 8 x 4 Trinidad (feminino) / Semifinais femininas: EUA 22 x 9 Argentina e Canadá 9 x 10 Brasil / Porto Rico x Trinidad & Tobago (masculino) / Semifinais masculinas: Colômbia x Brasil e Canadá x EUA / Disputa do 5º lugar: Peru x Argentina

Os Esportes Aquáticos do Brasil contam com recursos dos Correios - Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros -, Lei Agnelo/Piva - Governo Federal - Ministério do Esporte, COB e Estácio.




Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá