CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Pólo Aquático

14/12/2017 10:03:02

Ex-técnico dos Estados Unidos e da China, Ricardo Azevedo assume consultoria-técnica de Pólo


Rick Azevedo, também conhecido como Rochinha, faz parte do quadro da CBDA.

Foto: CBDA/Divulgação Ex-técnico dos Estados Unidos e da China, Ricardo Azevedo assume consultoria-técnica de Pólo
14/12/2017 10:03:02

(Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2017) Ricardo Azevedo é o novo consultor-técnico de pólo aquático da CBDA. Técnico da seleção chinesa na última edição dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o brasileiro radicado nos Estados Unidos assume o posto na seleção brasileira. Conhecido como Rick Azevedo internacionalmente e como Rochinha no Brasil, ele auxiliará a modalidade no próximo ciclo olímpico.

Ricardo Azevedo nasceu no Brasil, mas mora nos Estados Unidos há mais de 30 anos, onde foi treinador e coordenador da seleção americana de pólo aquático entre 1983 e 2007. Lá, além do time americano, também trabalhou em diversos clubes de base e profissionais. Depois, o novo consultor-técnico da CBDA trabalhou na Itália e, por fim, nas seleções masculina e feminina na China.

De volta ao seu país, ele deseja que o Brasil crie uma filosofia própria de jogo e não apenas pegue como espelho algumas das potências mundiais.

“Trabalhei em quase todos os continentes e tenho essa experiência de ver como todos jogam, mas quero que o Brasil tenha sua própria filosofia e não copie de ninguém. O Brasil sempre teve grandes jogadores e grandes treinadores e tem até hoje. Quero criar novos moldes, novas estratégias para fundamentar essa filosofia do Brasil de jogar pólo aquático”, disse.  

Outro objetivo traçado pelo novo consultor-técnico é fazer com que o esporte cresça ainda mais no país. Segundo Azevedo, a nova gestão da CBDA dá esperança para que antigos ídolos e pessoas que são ligadas ao pólo aquático possam retornar para que a modalidade seja ainda mais forte no Brasil.

“A expectativa para o meu começo é a melhor possível. Assim que chegar à CBDA quero fazer com que o esporte cresça. Esse é o objetivo do meu cargo. Espero que com essa nova fase da entidade, pessoas que são ídolos do nosso esporte retornem para contribuir cada vez mais com esse crescimento”, falou.

“Criei vários clubes, vários jogadores e acho que posso trazer isso para o Brasil. O meu desejo é que o Brasil cresça. Estou alegre de voltar ao Brasil para contribuir com o esporte”, finalizou.

Veja o currículo do novo consultor-técnico da CBDA

- United States Water Polo – 1983/2007

- Técnico e administrador

- Rari Nantes Camogli, Italia – 2007/2011

- Técnico das equipes masculinas e femininas

- China Swimming Federation – 2011/2013

- Técnico da equipe masculina

- China Swimming Federation  - 2014/2016

- Técnico da equipe feminina

- Técnico de pólo aquático em todas as categorias, masculina e feminina

- Técnico Chefe Junior – Campeonato Mundial Junior em Istanbul, São Paulo, Cannes e Corona Del Mar

- Técnico Olímpico em 1996, 2004, 2016

- Participou como atleta e técnico de Jogos Olímpicos, Campeonato Mundial, Liga Mundial, Copa FINA, Jogos Pan Americanos, Campeonato Sul Americano, Jogos Asiáticos e Torneios classificatórios de dessas competições

- Técnico da equipe italiana, Club Rari Nantes

- Promoveu seu acesso da divisão II para a Liga Principal

- Participou do Final 4 da Copa da Italia,

- Ganhou o Campeonato Nacional nas categorias, sub 15, sub 17 e sub 19.


Departamento de Comunicação - CBDA