CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Pólo Aquático

03/11/2018 16:18:50

Brasil vence o Peru por 26 a 0, vai à final e garante vaga nos Jogos Pan-Americanos


Seleção feminina não deu chances ao Peru e venceu a semifinal realizada neste sábado

Foto: CBDA/Divulgação Brasil vence o Peru por 26 a 0, vai à final e garante vaga nos Jogos Pan-Americanos
03/11/2018 16:18:50

(Trujillo, Peru, 3 de novembro de 2018) A seleção feminina de Pólo Aquático garantiu a vaga nos Jogos Pan-Americanos de 2019. Ao vencer a seleção do Peru por 26 a 0, neste sábado (3), em Trujillo, a equipe comandada por Duda Abla atingiu seu primeiro objetivo no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos. A Seleção, agora, enfrenta a Venezuela na decisão do torneio.

O Brasil não deu chances ao Peru desde o primeiro minuto de jogo. As meninas da seleção brasileira controlaram as ações da Peruana que finalizaram ao gol Victoria Chamorro apenas uma vez no primeiro quarto, que terminou em 8 a 0 para o Brasil. Com a vantagem no placar, o técnico Duda Abla passou a fazer alterações na equipe. Mesmo assim, o Brasil continuou mandando no jogo. O Peru passou a arriscar mais, mas sem chances muito claras de gol. Ao fim do segundo quarto, o Brasil havia ampliado sua vantagem para 14 a 0.

“Não sabíamos muito sobre o Peru. Armamos o time e deu certo, mas tínhamos que tomar muito cuidado e se preocupar em não termos um atrito, não termos uma jogadora expulsa e, graças a Deus deu tudo certo. A consequência era classificação e deu certo. Jogos Pan-Americanos era o nosso primeiro objetivo. Alcançado isso, vamos em direção ao título”, falou o técnico Duda Abla.


A seleção brasileira começou o terceiro quarto também de maneira arrasadora. Kemilly Leão, em menos de 30 segundos, fez mais um gol para o Brasil. Em seguida, Julia e Mariana ampliaram o placar e o Brasil mais uma vez foi tomando conta da piscina. No último quarto e com ampla vantagem, o Brasil apenas controlou a partida para finalizar o jogo em 26 a 0 e com a classificação para os Jogos Pan-Americanos.

“Nosso jogo encaixou muito bem. Focamos e conseguimos fazer o que foi planejado para essa partida contra o Peru e, por isso, não demos chances deles fazerem gols. Agora é acertar a cabeça para a final amanhã contra a Venezuela. Conseguimos também nosso objetivo principal que era a classificação para os Jogos Pan-Americanos e isso nos deixa muito contentes”, disse a capitã da equipe Marina Zablitch.

O Brasil volta à piscina do Centro Aquático de Trujillo neste domingo, às 18h15 (de Brasília), para enfrentar a Venezuela na decisão do Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 1991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA