CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Saltos Ornamentais

20/04/2017 20:25:58

Rebeca e Kawan ganham ouro e Brasil soma 11 medalhas


Sul-Americano Juvenil 2017

Foto: CBDA/Divulgação Rebeca e Kawan ganham ouro e Brasil soma 11 medalhas
20/04/2017 20:25:58

Kawan Pereira - Fotos: Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Cali / COL - Na metade do Campeonato Sul-Americano Juvenil de Saltos Ornamentais, o Brasil já soma 11 medalhas - quatro de ouro, três de prata, quatro de bronze. Quatro delas foram conquistadas na tarde desta quinta-feira, 20/04, na piscina Pan-Americana da cidade de Cali, Colômbia. Anna Lucia dos Santos e Kawan Pereira garantiram os títulos de suas provas. Isaac Souza e Luis Felipe conquistaram a prata e o bronze, em suas provas, respectivamente. A competição que tem programação dia 22/04, é divididas em grupos: A – 16 a 18 anos; B – 14 a 15; C – 12 e 13.

Logo na primeira prova da terceira etapa, a brasileira Rebeca Maria, de 14 anos, conquistou o primeiro lugar no trampolim de um metro, ao somar 299.95 pontos. Stefanie Madrigal, da Colômbia ficou na segunda posição, com 298.90, seguida por Paola Zambrano, da Venezuela, com 293.00. 

- Gostei bastante dos meus saltos. A prova foi melhor que a de ontem. Acho que um metro é mais fácil de acertar, pelo menos pra mim. Eu não esperava isso, mas no meio da competição eu pensava 'Aí, meu Deus, estou indo bem', fiquei bem animada, mas tive que manter a cabeça no lugar para terminar com chave de ouro. - analisou a emocionada, Rebeca Maria, de 14 anos, que conquistou seu primeiro título em competições internacionais.


Rebeca Maria

Ex atleta de ginástica acrobática, e ainda muito tímida, Rebeca comentou como descobriu sua vocação para os saltos "Na época que fazia ginástica, umas amigas viram na televisão o anuncio de um seletiva de saltos, fomos lá e eu passei. Desde então saí da ginastica. Gosto mais de competir aqui, que é individual. Ainda tenho bastante medo da altura, meu maior obstaculo na modalidade, mas saltos é coragem, tem que se adaptar. Todos os dias são de superação, mas temos que fazer" finalizou a atleta que treina seis vezes na semana, quatro horas por dia, na UNB, em Brasília, no projeto Saltando para o Futuro - Projeto Social dos Correios / CBDA / UNB.

Na terceira prova do dia, Kawan Pereira, após sua sequência de dez saltos, somou 408.05 pontos e foi o atleta campeão da prova de trampolim de um metro, grupo B. Kawan, de 14 anos, já soma dois títulos sul-americanos e ainda irá representar o pais na prova de Plataforma, marcada para sexta-feira, 21/04.

- Fui muito bem e estou muito feliz. Estou levando bem a competição e cada vez me inspirando mais. Comecei o treino (antes da prova) bem mal, com movimentos horríveis, mas consegui me concentrar, fiquei mais no meu canto, concentrado e deu certo. Consegui mais este bom resultado. Agora eu quero buscar o ouro na plataforma - comentou Kawan, que já soma três medalhas .

Ainda no trampolim, Luis Felipe Moura, com 381.20 pontos, garantiu mais um lugar no pódio para o Brasil. Atrás somente de Kawan e do colombiano, Juan Hoyos, Luis Felipe conquistou sua segunda medalha na Colômbia, a segunda de prata.

Luis Felipe Moura 

Na segunda prova do dia, Isaac Souza Filho, garantiu mais um presença brasileira de no pódio sul-americano, com a segunda maior pontuação no trampolim de três metros. Com 539.20 pontos, Isaac ficou atras do colombiano, Daniel Restrepo, que somou 562,65. O terceiro lugar ficou Oscar Briceno, da Venezuela, 534.95.

Isaac Souza Filho 

- Hoje saltei muito tranquilo, mais do que ontem, pelo tempo mais curto da prova. Gostei muito das notas na minha obrigatória, ganhei nove em alguma deles. Agora eu vou em busca de um ouro, para enfim mudar a cor da medalha e espero que ela venha na Plataforma - comentou Isaac que conquistou sua terceira medalha de prata na competição. 

Antes da saltar a prova de plataforma, no sábado, dia 22/04, Isaac ainda fará parte do trio que disputará a prova de equipe, junto com Anna Lucia dos Santos, na tarde desta sexta-feira, 21/04.

Na ultima competição do dia, trampolim de três metros, entre as meninas do grupo A, as brasileiras Raiane Silva e Anna Lucia dos Saltos, vinham em boa sequência de saltos, quando a prova foi interrompida pela forte chuva. Com seis rodada realizadas, das nove do programa de prova, a disputa foi adiada para a tarde de sexta-feira.


Raiane da Silva



Resultados
Trampolim 1 metro – Feminino - Grupo B
1) Rebeca Marria – Brasil – 299.95
2) Stefanie Madrigal – Colômbia – 298.90
3) Paola Zambrano – Venezuela – 293.00

Trampolim 3 metros – Masculino - Grupo A
1) Daniel Restrepo – Colômbia – 562.65
2) Isaac Souza Filho – Brasil – 539.20
3) Oscar Briceno – Venezuela – 534.95

Trampolim 1 metro - Masculino  - Grupo B
1) Kawan Pereira - Brasil - 408.05
2) Juana Hoyos - Colômbia - 405.15
3) Luis Felipe Moura - Brasil - 381.20

Programação

Dia 4 – 21/04

Plataforma – Masculino -Grupo B
Trampolim 1 metro - Feminino - Grupo C
Plataforma - Feminino - Grupo B
Trampolim 1 metro – Masculino - Grupo C
Equipo (3mts/plat) – Misto - Grupos A-B


Dia 5 – 22/04

Plataforma - Feminino - Grupo A
Trampolim 3 metros – Masculino - Grupo C
Plataforma – Masculino - Grupo A
Trampolim 3 metros - Feminino - Grupo C
Trampolim Sincronizado 3 metros - Misto - Grupo A-B



Mariana de Sá