A nova marca da CBDA é a marca dos Brasileiros nos Esportes Aquáticos

Notícias

Brasil tem três finais em último dia de provas

07/04/2002

 

Moscou – O Brasil vai a final em três provas masculinas neste domingo (07/04), último dia de provas no 6o Mundial em Piscina Curta: 100m livre, 100m peito e 4x100m medley. Nas eliminatórias da manhã, Cleber Costa, Fernando Torres Alves, Marcelo Tomazini e Carlos Jayme marcaram 3m38s07 e classificaram o Brasil entre os oito melhores países (7º tempo) no 4x100m medley. Na final de hoje, Jayme e Tomazini serão substituídos por Gustavo Borges e Eduardo Fischer, respectivamente, no nado crawl e no nado peito.


Fischer e Gustavo, aliás, descansaram pela manhã porque são esperança de pódio para o Brasil. Nas semifinais da tarde de sábado (06/07), Eduardo Fischer fez 27s23, voltou a marcar o segundo melhor tempo nos 50m peito e bateu o seu quarto recorde sul-americano no campeonato. Muito seguro, o nadador brasileiro disse que nadou com facilidade.


- Me senti muito bem na semifinal. Neste esquema de eliminatória, semifinal e final, a fase mais difícil de todas é a segunda. Agora que cheguei na terceira e última batalha, se o Lisogor não se cuidar, vou vencer a guerra – brincou. O ucraniano Oleg Lisogor é o recordista mundial da prova e foi o melhor tempo da semifinal com recorde de campeonato, pela marca de 26s86, recorde de campeonato. Lisogor nadou no Brasil, em novembro do ano passado, na primeira etapa da Copa do Mundo da Natação.


Gustavo Borges, que nadará em poucas horas a final dos 100m livre, entrou com o oitavo tempo, 48s17. A disputa será difícil. José Meolans segue imbatível e venceu a semifinal com 47s11, superando o recorde sul-americano que pertencia a Gustavo desde 1998 (47s14).Mas o brasileiro parece tranquilo.


- Foi excelente. Estou dentro da final e isso é o que importa. Gosto de dar um passo de cada vez. O Meolans está muito bem, superou o recorde sul-americano do Xuxa ontem (50m livre) e o meu na semifinal de hoje (100m), mas tem mais gente boa também na disputa. É como eu já disse, não dá pra dizer que vou ganhar medalha, mas estou na briga – disse Gustavo.


Bruno Bonfim nadou os 1500m livre, na segunda das três séries da eliminatória, e fez 15m13s43, o quinto tempo das séries fracas. Ele agora precisa esperar as quatro séries fortes, que será na tarde de hoje, para saber em que colocação ficou.



Resultados da equipe brasileira (até 07/04 – manhã)


Medalha de prata


200m livreGustavo Borges


Finais


200m livre – 2o– Gustavo Borges


4x200m livre – 4o – Rodrigo Castro, Gustavo Borges, André Cordeiro e Bruno Bonfim


4x100m livre – 5o– Carlos Jayme, Gustavo Borges, André Cordeiro e Rodrigo Castro


100m peito – 6o Eduardo Fischer


4x100m livre fem – 8o– Tatiana Lemos, Rebeca Gusmão, Amara Silva e Flávia Delaroli


100m livre – (ainda sem colocação ) Gustavo Borges


50m peito – (ainda sem colocação ) Eduardo Fischer


4x100m medley – (ainda sem colocação ) Cleber Costa, Eduardo Fischer, Fernando Alves e Gustavo Borges


Semifinais


50m borboleta – 13o – Nicholas dos Santos


100m livre – 13o Carlos Jayme


50m livre – 15o Rebeca Gusmão


50m livre – 15o lugar – Raphael de Thuin


Recordes sul-americanos


50m peito – Eduardo Fischer (27s51) / 50m peito – Eduardo Fischer (27s23) / 100m peito – Eduardo Fischer (59s64) / 100m peito – Eduardo Fischer (59s60) / 4x200m livre mascluino – Rodrigo Castro, Gustavo Borges, André Cordeiro e Bruno Bonfim (7m09s14) /4x200m livre feminino – Monique Ferreira, Denise Oliveira, Tatiana Lemos e Paula Baracho (8m07s35 ).


07/06 – Domingo – Resultado das Eliminatórias


200m costas masc – 21oRogério Romero – 1m58s42 / 30oCaio Moretzsohn – 2m01s43


200m borboleta masc – 13oPedro Monteiro – 1m58s35


200m livre fem21o Monique Ferreira – 2m00s88 /23o Denise Oliveira – 2m01s34


4x100m medley masc – 1) Austrália – 3m33s69 / 2) Rússia – 3m33s89 / 3) Ucrânia – 3m33s92 / 4) Estados Unidos – 3m34s92 / 5) Suécia – 3m35s78 / 6) Croácia – 3m37s33 / 7) Brasil (Cleber Costa, Marcelo Tomazini, Fernando Alves e Carlos Jayme) – 3m38s07 / 8) México – 3m39s69


1500m livre – Bruno Bonfim – 15m13s43 (ainda sem colocação)

Eliana Alves / Souza Santos

Compartilhar:

Patrocinadores

Patrocinadores CBDA