Notícias

Mulheres dominam primeiro dia

06/08/2002

Belém – O primeiro dia da natação nos Jogos Desportivos Sul-Americanos, que está sendo realizado em Belém, até a próxima sexta-feira, 09/08, foi feminino. As brasileiras Ivi Monteiro, Lílian Cerroni e a argentina Cecília Biagioli superaram recordes do campeonato em provas individuais. Para completar o bom desempenho das mulheres, o de revezamento 4x100m livre do Brasil formado por Talita Ribeiro, Marcelle Lopes, Ivi Monteiro e Amara Silva também bateu o recorde dos Jogos na última prova do dia.


 


A fundista Cecília Biagioli abriu a competição com a medalha de ouro e o recorde de campeonato nos 400m livre, pela marca de 4m22s60. O tempo anterior, 4m26s63, era da também argentina Alicia Barrancos desde 1994. A brasileira Ana Carolina Muniz ficou com a prata, com 4m28s20, e Natália Busso, outra brasileira, terminou em sexto, com 4m38s66.


 


Ivi Monteiro não só venceu os 100m borboleta, prova em que já é campeã sul-americana absoluta, como pulverizou com 1m03s19 a marca dos anterior dos Jogos Desportivos, 1m05s24, que era da argentina Maria Pereyra. A peruana Maria Aguila ficou com a prata, com 1m03s99, e Bárbara Jatobá terminou em terceiro, com 1m06s05.


 


Lílian Cerroni também superou em muito o recorde dos 200m medley. Ela fez 2m23s76 e o tempo de Carolyn Adel, do Suriname, era de 2m26s42. Bárbara Jatobá ficou com o quarto lugar na distãncia, pelo tempo de 2m26s74.


 


O revezamento 4x100m livre feminino composto por Talita Ribeiro, Marcelle Lopes, Ivi Monteiro e Amara Silva não teve dificuldades para vencer e melhorar a marca do campeonato, com 4m22s49. Este foi o segundo ouro de Ivi na competição. A atleta se prepara para atingir o índice para os Jogos Pan-Americanos de 2003, no Troféu Brasil de Natação, em setembro, em Brasília.


 


- Estou me preparando muito para o Troféu Brasil e esta competição em Belém está sendo importante para avaliar meu treinamento. Espero ter condições em breve de bater o recorde sul-americano absoluto nos 100m borboleta, 1m01s22, da Gabrielle Rose desde os Jogos Olímpicos de Atlanta – disse.


 


Chileno bate recorde de 12 anos – O chileno Maximiliano Schttler deu a primeira medalha de ouro em Belém ao Chile ao vencer os 200m livre em 1m54s50. Ele bateu o recorde do uruguaio Carlos Scavino, 1m55s56, conquistado em Lima, no Peru, em 1990. Este é o segundo tempo antigo do nadador uruguaio a cair este ano em Belém. Gustavo Borges superou o recorde do campeonato sul-americano absoluto nos 200m livre que pertencia aScavino, em março, na capital paraense.


 


Entre os brasileiros, Rodrigo de Oliveira e Daniel Novak fizeram dobradinha de ouro e prata nos 200m costas. Rodrigo ganhou a prova, com 2m11s43, e Daniel foi o segundo colocado, com 2m13s10. Outra dupla de campeão e vice foi Alan Nagaoka e George Albuquerque, nos 100m peito. Alan fez 1m05s99 e George, 1m06s63.


 


Mais Informações: www.cob.org.br / www.brasil2002.org.br

Eliana Alves

Compartilhar:

Patrocinadores