A nova marca da CBDA é a marca dos Brasileiros nos Esportes Aquáticos

Notícias

Recorde do continente para Felipe

04/05/2007

Rio de Janeiro/RJ – Felipe Lima, da Unisanta, está “esquentando os motores” para os 100m peito. Nas eliminatórias dos 50m do mesmo estilo, na noite de sexta-feira, 04/05. Ele superou o recorde sul-americano da prova que não é olímpica e está fora do programa do Pan, com 28s16. O tempo anterior era de Eduardo Fischer, do Pinheiros: 28s21, de 2003. Curiosamente, Fischer nadou na série anterior e foi desclassificado.
 
- Este resultado foi um aquecimento para os 100m peito na última etapa do Troféu. Estou muito focado em me garantir nos Jogos Pan-Americanos – disse Felipe, que no ano passado também tirou o recorde continental de Fischer, nos 100m peito.

Os 100m borboleta feminino promete uma boa disputa na final deste sábado, 05/05, no Troféu Maria Lenk / Taça Correios de Natação. Daiene Dias, da Recreativa Tubarão/ES, fez 2m14s84 e passou a ser a número um para os Jogos Pan-americanos. Ela ficou a sete centésimos do recorde brasileiro de Monique Ferreira, 2m14s77.
 
Os 200m borboleta masculino marcou a volta de um veterano. Depois de parar de nadar, Pedro Monteiro, atleta do Flamengo, voltou nesta competição e fez o melhor tempo das eliminatórias, com 2m02s29. Mas para conseguir a vaga para o Pan, Pedro, medalhista de bronze em Santo Domingo/2003, terá que fazer marca melhor do que a do segundo colocado, até o momento, para os Jogos: Fernando Silva, com 2m00s89. O número um da prova é Kaio Márcio de Almeida, com 1m57s69. Kaio, ainda sentindo-se mal com os sintomas de uma virose, não participou das eliminatórias dos 200m borboleta.

Eliana Alves / Souza Santos

Compartilhar:

Patrocinadores

Patrocinadores CBDA