A nova marca da CBDA é a marca dos Brasileiros nos Esportes Aquáticos

Notícias

Xuxa é Tri

15/08/2003

Quase ao mesmo tempo em que a seleção brasileira de futebol perdia a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos para a arqui-rival Argentina, o nadador Fernando Scherer vencia os 50m livre, derrotando o favorito argentino José Meolans, campeão mundial da prova em piscina curta. E se não bastasse, Xuxa venceu também o  campeão olímpico da distância, Gary Hall Jr., dos Estados Unidos. Repetia assim o feito de quatro anos atrás em Winnipeg,  quando também deixou a medalha de prata para Meolans. E com o título em Mar del Plata/1995, Scherer é tricampeão pan-americano dos 50m livre.


Fernando Queiroz Scherer fez a marca de 22s40, superando em 11 centésimos o índice para os Jogos Olímpicos. Meolans chegou dois centésimos atrás e Gary Hall, três. O brasileiro Jáder Souza terminou em sexto lugar, com 22s80. A emoção de Scherer foi tanta que não esperou os cumprimentos dos adversários na piscina como é costume acontecer. Saiu da água e extravasou berrando a plenos pulmões. Depois ainda puxou Jáder para fora da piscina para abraça-lo. Há muito tempo não se via o nadador catarinense tão emocionado.


A medalha de Xuxa foi a terceira de ouro do Brasil no Pan 2003. Com as outras conquistas do dia, a natação verde-amarela já contabiliza 18 medalhas (3 de ouro / 3 de prata / 12 de bronze) e sai de Santo Domingo como o esporte mais condecorado do país. E ainda falta um dia de provas, no qual dificilmente o Brasil deixará de estar no pódio, pelo menos no revezamento 4x100m medley masculino.


Os 200m borboleta masculino foi a primeira prova do campeonato em que apareceram dois brasileiros no pódio. Kaio Márcio saiu bem desde o começo da prova e além de conseguir a medalha de prata, bateu seu antigo recorde brasileiro (1m58s83) e atingiu o índice olímpico (1m58s63) com sobras: 1m58s10. Já Pedro Monteiro largou muito mal e ficou bem atrás na primeira metada da prova. Mas sua reação foi sensacional e ainda deu para garantir o bronze na batida de mão, com 1m59s38. O vencedor foi o americano Michael Raab que repetiu o que fez nas eliminatórias, batendo novamente o recorde dos Jogos, com 1m57s33.


Nos 100m costas masculino, Paulo Maurício Machado terminou na 7a posição, com 57s21. Rogério Romero disputou a final B, após perder o desempate da oitava colocação nas eliminatórias da manhã.
 Na primeira prova do dia, Joanna Maranhão nadou bem os 200m medley e por muito pouco não conseguiu sua segunda medalha de bronze na competição, chegando em quarto lugar, à frente de sua grande rival no estilo medley na América do Sul, a argentina Georgina Bardach. Nos 800m livre, disputado em duas séries, Nayara Ribeiro e Ana Carolina Muniz terminaram em quinto e sexto lugares, com 8m53s64  e 9m00s42, respectivamente.


O dia terminou com o revezamento 4x100m medley feminino em que o Brasil perdeu a medalha de bronze para o time do México. Flavia Delaroli, que fechou o quarteto brasileiro, nadou forte e recuperou bem a distância que havia para as mexicanas, mas não foi o suficiente.


A competição de natação termina neste sábado (16/8) com a disputa de 200m medley masculino, 200m borboleta feminino, 200m costas feminino, 1500m livre masculino, 50m livre feminino e 4x100m medley masculino.


Resultados finais – dia 15/8
200m medley fem
– 1) Joanne Malar – Canadá – 2m15s93 / 2) Carrie Clark – EUA – 2m16s78 / 3) Laura Dais – EUA – 2m17s33 /  4) Joanna Maranhão – Brasil – 2m17s75
200m borboleta masc – 1) Michael Raab – EUA – 1m57s33 (recorde dos Jogos Pan-Americanos)  / 2) Kaio Márcio – Brasil – 1m58s10 (recorde brasileiro e índice olímpico)   / 3) Pedro Monteiro – Brasil – 1m59s38
100m costas masc – 1) Peter Marshall – EUA – 55s52 / 2) George Bovell – Trinidad Y Tobago – 55s81 / 3) Jayme Cramer – EUA – 55s88 / 7) Paulo Maurício Machado –  Brasil – 57s21 / 1o da Final B (9o no geral) – Rogério Romero – Brasil – 57s30
50m livre masc – 1) Fernando Scherer – Brasil – 22s40 (índice olímpico) / 2) José Meolans – Argentina – 22s42   / 3) Gary Hall Jr. – EUA – 22s43 / 6) Jáder Souza – Brasil – 22s80
800m livre fem – 1) Morgan Hentzen – EUA – 8m36s54 / 2) Rachael Burke – EUA – 8m37s61 / 3) Kristel Kobrich – Chile – 8m43s90 / 5) Nayara Ribeiro – Brasil - 8m53s64  / 6) Ana Carolina Muniz – Brasil – 9m00s42
4x100m medley fem – 1) EUA – 4m05s92 (recorde dos Jogos Pan-Americanos)  / 2) Canadá – 4m13s72 / 3) México – 4m18s04 /  4) Brasil (Paula Baracho Ribeiro, Patrícia Comini, Ivi Monteiro e Flavia Delaroli) – 4m18s29

Eliana Alves / Souza Santos

Compartilhar:

Patrocinadores

Patrocinadores CBDA