CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Nado Sincronizado

15/11/2019 12:07:13

Integrante do dueto da seleção brasileira, Luisa Borges participa de ação com Tocha Olímpica do Japão 2020


Réplica da que será usada no revezamento que começa em março passou pela sede do Comitê Olímpico e pelo Centro de Treinamento Time Brasil nesta quinta (14)

Foto: Guilherme Taboada/COB Integrante do dueto da seleção brasileira, Luisa Borges participa de ação com Tocha Olímpica do Japão 2020
15/11/2019 12:07:13

(Rio de Janeiro, 15 de novembro de 2019) O Comitê Olímpico do Brasil (COB) recebeu, em casa, um dos maiores símbolos do espírito olímpico. Em ação de engajamento promovida pela Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Internacional (COI), a tocha dos Jogos Olímpicos Japão 2020 foi levada até a sede do COB e ao Centro de Treinamento do Time Brasil, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, durante o Campeonato Brasileiro Interclubes de Nado Artístico. A atleta Luisa Borges, da seleção brasileira, participou da ação.

"Estou muito honrada de segurar a tocha olímpica de Tóquio 2020. Depois de uma competição, fiquei muito emocionada de sentir um pouquinho do que vou viver no ano que vem. Hoje eu revivo um sentimento que tive em 2016, nos Jogos do Rio. Não estava esperando por isso e, com certeza, fiquei mais motivada para dar o meu melhor no Japão", disse Luísa Borges, atleta do nado artístico, que disputa o Campeonato Brasileiro Interclubes no Parque Aquático Maria Lenk.

"É uma emoção imensa, uma oportunidade única poder ter a tocha dos próximos Jogos Olímpicos aqui durante o nosso período de treino no Centro de Treinamento Time Brasil. Para quem já esteve numa edição dos Jogos sabe que é uma sensação incrível. Já dá para começar a sentir a emoção dos Jogos do ano que vem. Espero que tocar nessa tocha aqui nos traga muita sorte em 2020", disse Wallace, jogador da seleção masculina de vôlei.

Os responsáveis por zelar pela tocha em passagem pelo Rio de Janeiro são a ginasta britânica Rachel Smith e o jogador de futebol indiano Nalin Chaturvedi. Eles representam a plataforma para atletas do COI, o Athete 365, que pode ser acessada pelo link www.olympic.org/athlete365/.

"Está sendo uma grande experiência. O Comitê Olímpico do Brasil nos recebeu muito bem, mostrando todas as instalações do Centro de Treinamento e da sede. Foi incrível ver a quantidade de funcionários na organização e como os atletas são representados no movimento olímpico", disse Nalin.

"Foi um dia muito bacana! Vou ficar com um sorriso no rosto o dia todo. A oportunidade de falar com os atletas e com os funcionários do COB e ver como a tocha os inspira a fazer o que fazem pelo movimento olímpico foi muito legal. É um momento único poderem ter um pedaço dos Jogos Olímpicos nas mãos", disse Rachel.

O revezamento da tocha começará no mês de março, em Olímpia, na Grécia, como manda a tradição. Os primeiros a carregarem a tocha e a chama olímpica serão os campeões olímpicos japoneses Mizuki Noguchi (maratona), Tadahiro Nomura (judô) e Saori Yoshida (luta livre). O encerramento do revezamento será no dia 24 de julho, na Cerimônia de Abertura no Estádio Olímpico de Tóquio, depois de passar por 121 cidades japonesas.


Departamento de Comunicação - CBDA