CBDA, Natação, Polo Aquático, Maratonas Aquáticas, Saltos Ornamentais

Natação

04/02/2019 10:42:03

Após quatro dias, training camp para velocistas é encerrado no Rio de Janeiro


Atletas mais velozes dos 100m livre de 2018 se reuniram por quatro dias no Parque Aquático Maria Lenk

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA Após quatro dias, training camp para velocistas é encerrado no Rio de Janeiro
04/02/2019 10:42:03

(Rio de Janeiro, 4 de fevereiro de 2019) Os oito atletas mais velozes dos 100m livre de 2018 encerraram, no último sábado (2), o training camp realizado no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. O período de treinamentos teve o intuito de aprimorar e aproximar os possíveis atletas que formarão o revezamento 4x100m livre nas principais competições desta temporada. A ação foi promovida pelo Comitê Olímpico do Brasil e pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.

+ Veja as fotos do training camp

Pedro Spajari, Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, Marco Antonio Ferreira Júnior, Bruno Fratus, Breno Correia, João de Lucca e André Calvelo treinaram sob comando dos técnicos Alberto Silva e Brett Hawke entre quarta e sábado. Os atletas realizaram trabalhos na piscina, na musculação e passaram por exames no Laboratório Olímpico do COB.

“Este período juntos, não só o treinamento, mas toda ação é extremamente benéfica, não só para o 4x100m livre, mas para toda a natação brasileira. O 4x100m livre é, geralmente, no primeiro dia de competição e, às vezes, o nosso resultado pode influenciar na confiança para o restante da equipe. O que a gente fez aqui nestes quatro dias pode mudar não só o nosso revezamento, mas toda a equipe que vai representar o Brasil em competições internacionais”, disse Bruno Fratus.

“São os oito melhores velocistas da natação brasileira. O nosso país tem uma tradição muito grande de velocistas e estarem os melhores aqui, treinando juntos, discutindo calendário, projetando treinamentos é muito importante para o nosso objetivo”, completou o nadador.

O treinamento foi composto por atletas consagrados, como Fratus, João de Lucca e Marcelo Chierighini, mas também por jovens como Breno Correia, André Calvelo e Marco Antônio Ferreira Júnior. A troca de experiências também foi valorizada pelos nadadores que estiveram reunidos no Parque Aquático Maria Lenk.

“Não é um grupo fechado, mas está sendo muito importante. Para a gente, que é mais novo, ter a vivência de dividir treino com o João de Lucca, com o Bruno Fratus, é muito bacana e enriquecedor. A gente quer fazer um time mesmo. Para chegarmos na competição e não ficar um separado do outro e se reunir só na hora da prova. Todos juntos formam um time só e isso é bem importante”, falou Marco Antônio.


Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)

Fundada como Confederação Brasileira de Natação (CBN), em 21 de outubro de 1977, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos completou 40 anos de fundação, em 2017. Atualmente, o presidente da CBDA é Miguel Cagnoni.

A nomenclatura foi mudada em 1988 para adequação, já que a CBDA administra cinco modalidades: natação, maratona aquática, pólo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado. A CBDA, atualmente, tem todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, como federações filiadas.

O Correios, patrocinador oficial da entidade, é parceiro da Confederação desde 991 e é parte de todas as medalhas e formação de novos atletas nas cinco modalidades.


Departamento de Comunicação - CBDA